fbpx
Notícias Princess Cruises

Problemas técnicos no novo Royal Princess

O Royal Princess ficou sem energia a bordo durante algumas horas, causando não só a indignação entre os passageiros que viram assim as suas férias colocadas em pausa, como também a própria companhia, já que este é um navio relativamente recente, com apenas 3 meses de navegação.

O navio é o mais recente da companhia Princess Cuises, que se estreou apenas em Junho de 2013, vai ficar fora de serviço para reparos por tempo indefinido, principalmente para a resolução de problemas relacionados com o fornecimento de energia.

No passado dia 22 de Setembro, esses problemas foram ainda mais notórios, com um “apagão” que durou algumas horas, causando um desconforto enorme e algumas reclamações por parte dos passageiros, no momento em que o navio estava no Mar Mediterrâneo, rumo a Nápoles.

Tendo em conta esta situação e dado que este é um navio extremamente recente, a companhia decidiu colocá-lo fora de serviço para que possam resolver todos os problemas. Após o “apagão”, o navio rumou lentamente em direcção a Nápoles, chegando ao porto um dia mais tarde do que o esperado.

A companhia afirma que é muito provável que o navio seja transferido para Barcelona para ser reparado, não havendo ainda informações relativamente às próximas viagens

Leia também  Abu Dhabi, Dubai e Doha no TOP 5 das cidades mais seguras para os turistas

Todos os passageiros vão ser recompensados com um reembolso de 100% de todo o valor da reserva para esta viagem, assim como um desconto razoável para uma futura viagem na companhia. O Royal Princess é um dos principais navios da companhia, construído pelo estaleiro italiano Fincantieri, inaugurado em 13 de Junho de 2013.

Share this

Novo Cruzeiro de Grupo: Ilhas Gregas a bordo do Celebrity Infinity!