fbpx
Notícias Royal Caribbean

Royal Caribbean recua nos seus planos para Cuba

Depois da chegada de Donald Trump à presidência dos Estados Unidos, tem existido uma certa incerteza nos mercados, incluindo no mercado turístico. Após o anúncio da abertura dos Estados Unidos para com Cuba, e depois da visita de Obama, a situação poderá não ficar por aqui e sabendo disso a Royal Caribbean deu um passo atrás sobre os seus planos para a ilha.

Apesar de Michael Bayley, director executivo da companhia, acreditar que os planos vão concretizar-se da mesma forma, este é o momento de esperar e analisar tudo novamente. Além disso também é importante salientar a lentidão da atribuição das licenças à Royal Caribbean, uma vez que a Carnival já está a operar neste mercado.

A Pullmantur não mostrou qualquer interesse em navegar para Cuba como destino, mas deixa em aberto a possibilidade, apontando para 2018 as maiores novidades.

As mudanças no mercado serão bastantes nos próximos meses e a prova disso é este recuo por parte da companhia de cruzeiros e até grandes cadeias de hotelaria que, estando atentas à evolução dos acontecimentos, mostram-se agora interessadas em investir no México.

Share this

Novo Cruzeiro de Grupo: Ilhas Gregas a bordo do Celebrity Infinity!