Royal Caribbean

Royal Caribbean anunciou novas medidas de combate ao Coronavírus (veja aqui as novas restrições)

A Royal Caribbean Cruises Ltd. continua a acompanhar de perto os desenvolvimentos globais relacionados com o Coronavírus e a adotar as medidas necessárias para proteger a saúde e a segurança de todos os passageiros e tripulantes.

Seguindo as instruções do Centro de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC), da Organização Mundial da Saúde e de outras entidades de saúde pública mundiais, a Royal Caribbean vai implementar medidas para proteger todos os passageiros e tripulantes. Estas medidas aplicam-se a todas as pessoas que embarquem nos navios da companhia, todos os passageiros e tripulantes. A Royal Caribbean lamenta os transtornos causados por estas medidas preventivas.

Estas medidas preventivas permanecerão em vigor durante um período previsível de 30 dias, sendo revistas diariamente conforme os desenvolvimentos que se verifiquem. Até novo aviso, todos os navios da frota da Royal Caribbean irão adotar os seguintes protocolos de saúde.

Independentemente da nacionalidade, será recusado o embarque a:

  • Qualquer pessoa que tenham viajado de, para ou através da China, Hong Kong, Macau, Irão, Coreia do Sul e Itália, nos últimos 15 dias antes do embarque.
  • Qualquer pessoa que tenha estado em contacto com alguém que tenha viajado de, para ou através da China, Hong Kong, Macau, Irão, Coreia do Sul e Itália. O CDC considera a proximidade de contacto de risco, de 2 metros entre duas pessoas.
  • Pessoas que revelem não se sentir bem de saúde ou que demonstrem sintomas de gripe.

Serão realizadas avaliações médicas obrigatórias antes do embarque a:

  • Todas as pessoas que tenham viajado de, para ou através do Japão, Singapura e Tailândia, nos últimos 15 dias antes do embarque.
  • Todas as pessoas que não tenham a certeza de ter estado em contacto com alguém que tenha viajado) de, para ou através da China, Hong Kong, Macau, Irão, Coreia do Sul, Japão, Singapura e Tailândia, nos últimos 15 dias antes do embarque.
  • Será recusado o embarque a todas as pessoas que tenham febre ou baixos níveis de oxigénio no sangue, detectados nos exames médicos obrigatórios.
Leia também  Allure of the Seas chega a Cádiz para manutenção técnica (e não para a esperada revitalização)

Todos os passageiros a quem seja recusado o embarque por estes motivos, será feito o reembolso no valor total pago à companhia de cruzeiros.

A Royal Caribbean tem protocolos médicos rigorosos para ajudar passageiros e tripulantes que se sintam adoentados enquanto navegam. Os protocolos incluem acompanhamento médico, procedimentos de quarentena em resposta a qualquer sintoma de gripe e procedimentos reforçados de limpeza, filtragem de ar e higienização sanitária.

A Royal Caribbean está a acompanhar todos os desenvolvimentos relacionados com o Coronavírus, atualizando as medidas de segurança e prevenção sempre que necessário.

 

Add Comment

Click here to post a comment

Deixar uma resposta

Nuno Ribeiro

Olá, o meu nome é Nuno Ribeiro e sou fundador do Blog dos Cruzeiros, um blog sobre o mundo dos grandes cruzeiros, onde pode encontrar notícias, opiniões, sugestões, guias, companhias, navios e muito mais.

Sempre que subo a bordo de um navio descrevo toda a experiência aqui para que possa ajudar quem pretende fazer um cruzeiro. Boas leituras!