Home Notícias Porto de Leixões recebeu 100 navios de cruzeiro e 96 mil passageiros em 2017
Porto de Leixões recebeu 100 navios de cruzeiro e 96 mil passageiros em 2017

Porto de Leixões recebeu 100 navios de cruzeiro e 96 mil passageiros em 2017

100
0

A atividade de Cruzeiros no Porto de Leixões registou um novo máximo histórico em 2017, com os dois terminais de cruzeiro a receberem, no conjunto, 100 escalas e quase 96.000 passageiros, números nunca antes atingidos.

Estes números representam um crescimento de 19% no número de navios e um crescimento de 33% no número de passageiros, tendo sido pela primeira vez alcançada a marca das 100 escalas de navios de cruzeiro num só ano.

Durante este ano, 12 novos navios escolheram o Porto de Leixões pela primeira vez para os seus itinerários demonstrando, assim, a confiança sustentada que os operadores depositam no porto.

A dimensão dos navios que visitam Leixões também tem vindo a aumentar com um crescimento de 34% em comparação com o período homólogo do ano passado, sendo que, dos 100 navios de cruzeiro que visitaram Leixões durante este ano, 28 tinham um comprimento superior a 250 metros, mais do dobro dos registados o ano passado.

Comparando com 2011, ano da abertura do novo cais em Matosinhos, o crescimento foi de 80% no número de navios e de 128% no número de passageiros. Desde a sua abertura em abril desse ano, o novo Terminal de Cruzeiros já acolheu 252 escalas de navios de cruzeiro e mais de 360.000 passageiros.

Para 2018, as previsões apontam para um novo crescimento de cerca de 20% e mais 12 escalas inaugurais. Novas companhias iniciarão operações em Leixões no próximo ano, com destaque para a Royal Caribbean, a Norwegian Cruise Line e para a MSC Cruzeiros que fará o primeiro turnaround em Leixões com o navio MSC Magnifica.

Fonte: APDL

(100)

Booking.com
Nuno Ribeiro Nuno Ribeiro é fundador e editor do Blog dos Cruzeiros, um blog sobre o mundo dos grandes cruzeiros, onde poderá encontrar notícias, opiniões, experiências, sugestões, guias, companhias, navios e muito mais.