Norwegian Royal Caribbean

Painel de Navegação Saudável da Royal Caribbean e Norwegian apresentou 74 medidas práticas para o regresso dos Cruzeiros nos Estados Unidos

As novas recomendações do painel de médicos reconhecidos ao nível mundial e especialistas científicos defendem que, se o foco estiver na prevenção e noutras medidas – incluindo o teste dos hóspedes e membros da tripulação – os riscos para a saúde pública associados à pandemia podem ser mitigados no ambiente de um navio de cruzeiro.

O Painel de Navegação Saudável já apresentou as suas recomendações aos Centros Americanos de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC), em resposta a uma solicitação do CDC para comentários públicos que será usado para informar futuras orientações de saúde pública e medidas preventivas relacionadas com viagens em navios de cruzeiro. O painel foi formado em junho pelo Royal Caribbean Group e a Norwegian Cruise Line Holdings Ltd.

O painel é composto por especialistas mundialmente reconhecidos nas áreas da medicina, saúde pública, doenças infectocontagiosas, biossegurança, hospitalidade e operações marítimas e aplicou o seu conhecimento nas melhores práticas de saúde pública e cientificas para as suas recomendações.

O relatório de mais de 65 páginas do Painel de Navegação Saudável inclui 74 práticas ao detalhe recomendadas para proteger a saúde pública e a segurança de hóspedes, tripulação e das comunidades que os navios de cruzeiro visitam. As recomendações incluem testes, o uso de máscarasmelhor saneamento e melhores procedimentos nos navios e nos terminais. . O painel é presidido pelo governador Mike Leavitt, ex-Secretário de Saúde e Recursos Humanos dos Estados Unidos, e Dr. Scott Gottlieb, ex-comissário da U.S. Food and Drug Administration.

O Painel de Navegação Saudável passou os últimos quatro meses a estudar como proteger da melhor forma a saúde e segurança dos hóspedes e da tripulação a bordo de navios de cruzeiro”, disse o Dr. Gottlieb. “Através de uma bordagem abrangente, acreditamos que as sólidas recomendações de saúde pública do Painel irão ajudar a criar estratégias para um reinício em segurança da navegação.”

Este painel empenhou-se neste projeto ambicioso, interdisciplinar, do estudo da saúde pública para desenvolver padrões e diretrizes que criassem o mais alto nível de segurança no complexo ambiente de um navio de cruzeiro. Estudámos as experiências da indústria no combate à pandemia – e incorporamos muitas lições aprendidas e avanços feitos pela medicina e ciência nos últimos seis meses. As recomendações do painel são fundamentadas nas melhores informações científicas e médicas disponíveis e destinam-se a mitigar os riscos de saúde pública para aqueles que navegam. ” – disse o Governador Leavitt.

Entendemos a nossa responsabilidade de agir agressivamente para proteger a saúde e a segurança dos nossos convidados e tripulantes, bem como das comunidades que visitamos, e pedimos ao Painel para nos ajudarem a aprender da melhor forma de como cumprir esta responsabilidade ”, disse Richard D. Fain, Presidente e CEO do Grupo Royal Caribbean. “Fomos inspirados pelo trabalho árduo do Painel e pela sua determinação em ajudar-nos a estabelecer os protocolos mais sólidos da indústria das viagens”.

Leia também  Cruzeiro com Confiança da Royal Caribbean estendido até 31 de Janeiro de 2022

As recomendações do Painel de Navegação Saudável são robustas e abrangentes e refletem o foco intenso que os membros dedicaram para este trabalho”, disse Frank Del Rio, Presidente e CEO da Norwegian Cruise Line Holdings Ltd. “Sabemos que as autoridades em todo o mundo e os consumidores esperam que as companhias de cruzeiro proporcionem as férias mais seguras e saudáveis que pudermos, e este trabalho demonstra o nosso compromisso em fazer exatamente isso. ”

Fain e Del Rio afirmaram que cada empresa usará as recomendações do painel para informar o desenvolvimento de novos protocolos operacionais detalhados, que serão submetidos ao CDC e a outras autoridades em todo o mundo para revisão e aprovação – um marco importante no processo de retoma da navegação no mundo. O trabalho do painel é de código aberto para que outros possam incorporar este conhecimento nos seus protocolos também; O governador Leavitt e o Dr. Gottlieb expressaram o agradecimento às autoridades e outras empresas de cruzeiros que se envolveram no trabalho do Painel com o papel de observadores.

O Painel de Navegação Saudável identificou cinco áreas de foco que cada operador de cruzeiro deve focar-se para melhorar a saúde e a segurança dos hóspedes e da tripulação, e reduzir o risco de infecção e disseminação do COVID-19 nos navios de cruzeiro:

  1. Teste, Triagem e Redução de Exposição
  2. Saneamento e Ventilação
  3. Resposta, Planeamento de Contingência e Execução
  4. Planeamento de Destino e Excursões
  5. Redução de riscos para membros da tripulação

Em cada categoria, o Painel de Navegação Saudável criou práticas e recomendações acionáveis para abordar questões específicas de segurança. Entre as recomendações são fundamentais estratégias como:

  • Tomar medidas agressivas para evitar que o SARS-CoV-2, entre num navio através educação robusta, triagem e testes da tripulação e hospedes antes do embarque
  • Reduzir a transmissão pelo ar através de estratégias de melhores práticas de saneamento e ventilação
  • Implementar planos detalhados para lidar com infeções positivas a bordo, incluindo contingências para tratamento a bordo, isolamento e rápida evacuação e repatriação
  • Controlar de perto as excursões em terra
  • Proteção aprimorada para membros da tripulação

As companhias representadas pela CLIA informaram também que estão preparadas para uma retoma das operações, em segurança, num prazo de 30 dias.

O relatório completo do Painel de Navegação Saudável pode ser encontrado aqui: aqui.