MSC Cruzeiros

O novo Protocolo de Segurança da MSC Cruzeiros para embarques nos Estados Unidos

MSC Divina em Ocean Cay

A MSC Cruzeiros anunciou as novas medidas para embarque em portos dos Estados Unidos.

A partir de 8 de Agosto estará em vigor um novo protocolo de bem-estar para os passageiros que partem de portos norte-americanos, em conformidade com os novos requisitos de saúde e segurança estabelecidos pela agência nacional de saúde pública dos EUA, o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC).

Atualmente a companhia opera dois navios baseados no estado da Flórida, EUA, o MSC Seashore em Miami e o MSC Divina em Port Canaveral.

As principais mudanças são:

  • Fim dos testes pré-embarque para itinerários até 5 noites desde portos dos Estados Unidos;
  • Crianças não vacinadas para a COVID-19, com idade igual ou superior a dois anos, terão que mostrar prova de um teste COVID-19 (PCR ou antigénio) negativo realizado até três dias antes do embarque;
  • Passageiros totalmente vacinados que viajem seis noites ou mais de portos dos EUA devem apresentar prova de um teste COVID-19 (PCR ou antigénio) negativo realizado até três dias antes do embarque;
  • A MSC Cruzeiros recomenda, no entanto, que os testes sejam feitos até 1 dia antes do embarque sempre que possível;
  • Nenhuma testagem pré-embarque ou aquando do embarque é exigida para passageiros com menos de 2 anos;
  • Auto-testes antigénio não são aceites para embarcar;

Os requisitos de vacinação continuam inalterados:

  • Todos os passageiros a partir dos 12 anos devem estar totalmente vacinados para a COVID-19;
  • As doses de reforço, embora não sejam obrigatórias, são recomendadas, conforme instruções do CDC;
  • São considerados totalmente vacinados os passageiros que receberam, até 14 dias antes do embarque, as duas doses da vacina Pfizer, Moderna, Astrazeneca, Covishield, Sinopharm, Sinovac, Coronavac, Novavax/Covovax ou a dose única da Johnson & Johnson;
  • Uma combinação de doses das vacinas acima descritas são aceites;
  • O certificado de vacinação deve ser válido durante todo o cruzeiro e deverá ser apresentado no embarque;
  • Passageiros que recuperaram da COVID-19 não são considerados como totalmente vacinados;
Leia também  MSC Cruzeiros e a Chantiers de l´Atlantique celebram duas importantes etapas nos novos navios movidos a LNG