fbpx
Norwegian

Norwegian volta a deixar passageiros em terra (desta vez em Espanha)

Norwegian Viva
Richard e Claudene Gordon, de 84 e 81 anos, oriundos de Salt Lake City, ficaram em Motril, Espanha, enquanto o Norwegian Viva seguia viagem sem eles.

Um mês depois de oito passageiros da Norwegian Cruise Line terem ficado retidos em África, um casal norte-americano – com idades de 84 e 81 anos – também foi deixado para trás pela companhia em Espanha.

Richard e Claudene Gordon, de Salt Lake City, nos Estados Unidos, estavam num cruzeiro pelo Mediterrâneo a bordo do Norwegian Viva com familiares e ansiosos para comemorar o 85º aniversário de Richard ainda esta semana.

Enquanto o navio estava atracado em Motril, Espanha, na segunda-feira, a dupla fez uma excursão independente à cidade histórica de Granada, não organizada pela companhia de cruzeiros. No regresso, o autocarro atrasou-se uma hora, devido a uma tempestade repentina, disse Richard Gordon, citado pela CNN.

Sou um viajante experiente e provavelmente já participei em mais de 30 cruzeiros durante a minha vida”, disse Gordon. “Nunca antes chegamos atrasados ao navio num porto. Portanto, não somos pessoas de abusar do sistema.”

A dupla perdeu o horário de embarque do navio, às 17h30, hora local, para partir aproximadamente às 18h. Gordon disse que por volta das 17h45 falou com um familiar a bordo, que deu o alarme, comunicando que estavam perto e atrasados. No entanto, o familiar foi informado pela Norwegian Cruise Line que, como o navio precisava navegar a horas, nada poderia ser feito.

Segundo os Gordons, eles chegaram de táxi ao cais às 18h10, enquanto o navio partia com a medicação de Claudene, os óculos de Richard e as baterias de aparelhos auditivos e carregadores de telefone a bordo.

O nosso cruzeiro começou em Lisboa e partimos de Lisboa cerca de uma hora e meia depois da partida programada, às 16h00”, disse Gordon à CNN. “Nas duas noites seguintes, pelo menos meia hora atrasado do cais, então fica claro que nem sempre partem no momento exato programado.”

Leia também  9 Cruzeiros desde Lisboa na Norwegian para 2024

O casal diz que não recebeu mais assistência da Norwegian Cruise Line naquele momento, seja no navio ou em terra.

Mais tarde Claudene Gordon enviou uma mensagem à sua filha para dizer que a Norwegian Cruise Line fez contacto com eles pela primeira vez desde o incidente e ofereceu-lhes um táxi do hotel em Palma até ao navio.

Realmente recebemos o bom tratamento hoje”, disse Gordon à CNN depois de se reunir com o navio na manhã de quarta-feira, dois dias em que desembarcaram em Montril. “Dissemos simplesmente que fomos abandonados no cais sem ninguém para nos receber ou nos dizer para onde ir, e eles disseram que já reclamaram com o capitão do porto. Mas é claro que o navio não nos contatou diretamente durante dois dias, o que não lhes fica muito bem”, disse.

A Norwegian Cruise Line disse que contestou o horário de chegada do casal ao cais. “Os dois passageiros que desembarcaram de forma independente chegaram ao cais com aproximadamente uma hora de atraso e perderam o horário de embarque às 17h30, para partida aproximadamente às 18h”, disse um porta-voz da companhia.

Num incidente semelhante no mês passado, oito passageiros atrasaram-se no regresso ao navio da Norwegian Cruise Line na ilha africana de São Tomé e Príncipe, no dia 27 de Março enquanto o navio subia a costa de África. Na altura, a Norwegian enfatizou que os passageiros atrasados ​​estavam numa excursão privada que não foi organizada pela companhia.

Share this

Novo Cruzeiro de Grupo: Ilhas Gregas a bordo do Celebrity Infinity!