fbpx
MSC Cruzeiros

MSC disponibiliza MSC Opera para servir de hospital em Itália

MSC Opera | Foto: MSC

A MSC Cruzeiros vai disponibilizar o MSC Opera para apoio médico de emergência durante a crise de COVID-19 que assola o país.

A operação contará ainda com a participação de outros navios, da Grandi Navi Veloci (GNV), o Superba, o Suprema e o Splendid, que, juntamente com o MSC Opera, estão parados no porto de Génova.

Serão dez dias para transformar um navio de cruzeiros e três ferries em hospitais com milhares de camas, para receber pacientes convalescentes gravemente doentes, positivos ou não infectados com COVID-19. Estes navios, conforme explicado pelo governador da Ligúria, Giovanni Toti, poderão acomodar três categorias diferentes de pacientes.

A hipótese mais provável prevê um hospital para pacientes graves afetados pelo COVID-19, mas os navios também poderiam ser transformados num centro de quarentena para positivos sem patologias específicas ou numa hospitalização para pacientes não infectados. De qualquer forma, seriam acrescentadas milhares de camas, aliviando a sobrecarga nos hospitais da Lombardia, no norte de Itália.

Ainda não foram esclarecidos os custos desta operação, mas Toti parece otimista: “Poderíamos ter um destes navios pronto em cerca de dez dias. A equipa médica e de enfermagem, que estaria disponível, seria de responsabilidade do Sistema de Saúde“, afirma.

Leia também  MSC Cruzeiros inclui voos de Lisboa para o MSC Euribia e MSC Poesia nos Fiordes da Noruega

A operação está a ser coordenada entre a MSC, a Região da Ligúria e o Município de Génova.

Share this

Novo Cruzeiro de Grupo: Ilhas Gregas a bordo do Celebrity Infinity!