fbpx
MSC Cruzeiros

MSC Cruzeiros vai revitalizar 6 navios em 2024

MSC Armonia
MSC Cruzeiros vai revitalizar 6 navios em 2024, dos mais antigos ao mais recente, MSC Grandiosa.

A MSC Cruzeiros vai renovar 6 navios da sua frota durante o ano de 2024, segundo adiantou o site norte-americano CIN.

O MSC Fantasia atracou, em Outubro, em Malta para trabalhos gerais de hotelaria e técnicos, bem como para instalação de energia em terra, disse Emilio La Scala, presidente e diretor administrativo da MSC Cruises Management UK. O MSC Bellissima também já tinha iniciado trabalhos de manutenção nos estaleiros chineses de Huarun Dadong, em Novembro.

Esta foi a primeira vez que um dos nossos navios entrou numa doca seca num estaleiro na China para trabalhos de manutenção e reparação”, disse. “A escolha do estaleiro foi para aproveitar ao máximo a implementação do navio no Extremo Oriente.”

O MSC Bellissima passou duas semanas em doca seca, recebendo um novo revestimento do casco, bem como diversas atualizações de acomodações e áreas públicas antes da sua estreia na China em 2024.

6 Navios entrarão em doca seca durante 2024

Os seis navios entrarão em manutenção programada nos estaleiros Palumbo Malta, em La Valletta, companhia onde a MSC Cruzeiros tem participação ativa.

Os navios que vão receber atualizações são os seguintes:

  • MSC Armonia – 58,6700 toneladas brutas (construído em 2004)
  • MSC Opera – 59,058 toneladas brutas (construído em 2004)
  • MSC Musica – 92,409 toneladas brutas (construído em 2006)
  • MSC Magnifica – 95,128 toneladas brutas (construído em 2010)
  • MSC Splendida – 137,936 toneladas brutas (construído em 2009)
  • MSC Grandiosa –  181,541 toneladas brutas (construído em 2019)

Localizado no porto de Malta, os estaleiros Palumbo Malta têm a capacidade para receber navios de todos os tipos e dimensões. Servido por uma das maiores docas da Europa, o estaleiro faz parte do importante cluster marítimo maltês.

Teremos mais seis navios em doca seca durante 2024”, disse La Scala. “As intervenções incluem manutenção e pintura periódica do casco, manutenção de máquinas, reforma das acomodações e áreas públicas, além de testes e inspeções para renovação da classe.”

Leia também  Cruzeiro aos Fiordes da Noruega com passeio no famoso Comboio Panorâmico de Flam (Flamsbana)

O MSC Musica, MSC Magnifica e MSC Splendida também serão adaptados para receberem energia em terra. Outras atualizações de eficiência visam iluminação LED e HVAC. “A nossa frota de cruzeiros ainda é relativamente jovem, mas é natural que os navios mais antigos exijam mais manutenção e atualizações para manter os mais altos padrões”, explicou La Scala.

Às vezes, a disponibilidade obsoleta ou limitada de peças sobressalentes significa que há necessidade de atualizações de equipamentos e componentes e, em alguns casos, melhorias na eficiência energética, como a introdução de iluminação LED e outros dispositivos, bem como a atualização de sistemas HVAC, também são realizadas para reduzir ainda mais as emissões.”

La Scala disse que há um plano de doca seca que se estende pelos próximos 10 anos, o que significa que os navios entram em doca seca, normalmente, a cada dois ou três anos ou a cada cinco anos, dependendo da idade do navio.

A nossa política interna garante uma média de duas paragens por navio a cada cinco anos, embora possa ser ajustado de acordo com a implementação e os itinerários de cada navio“, afirmou. “Reservamos a disponibilidade das docas em prazos de cinco anos porque a grande maioria do trabalho que precisa ser realizado não pode ser feito quando o navio está em operação“, disse.

 

About the author

Nuno Ribeiro

Olá, o meu nome é Nuno Ribeiro e sou fundador do Blog dos Cruzeiros, um blog sobre o mundo dos grandes cruzeiros, onde pode encontrar notícias, opiniões, sugestões, guias, companhias, navios e muito mais. Sempre que subo a bordo de um navio descrevo toda a experiência aqui para que possa ajudar quem pretende fazer um cruzeiro. Boas leituras!

Share this