MSC Cruzeiros

MSC Cruzeiros será a primeira companhia no mundo a operar no mar com Carbono Neutro

Por ocasião das comemorações realizadas em Hamburgo do navio de cruzeiro mais avançado até hoje em termos ambientais – o MSC Grandiosa -, a MSC Cruzeiros anunciou o seu compromisso de se tornar na primeira companhia de cruzeiros no mundo a operar com carbono totalmente neutro.

Pierfrancesco Vago, Executive Chairman da MSC Cruises, disse: “O nosso enfoque na inovação desde que construímos os nossos primeiros navios de cruzeiro em 2003, garante que tenhamos uma das frotas mais modernas no mar, além de uma das mais avançadas no que diz respeito ao desempenho ambiental. E, graças ao nosso planeamento a longo prazo, todos os avanços introduzidos permitirão alcançar uma redução de 29% em toda a frota na intensidade (taxa) de carbono até 2024, comparativamente a 2008, no caminho de cumprir a meta de redução de 40% estabelecida para 2030.“

Além disso, na semana passada, anunciámos que o projeto PACBOAT de células de combustível movidas a Gás Natural Liquefeito (LNG) será instalado a bordo do MSC Europa – o primeiro dos 5 navios de cruzeiro movidos a LNG que se juntarão à nossa frota. Esta não só será a estreia em todo o mundo de uma tecnologia que promete ser mais eficiente para operações marítimas de alta potência, como também é outro exemplo concreto do nosso firme compromisso de formar parceria e apoiar o desenvolvimento acelerado das tecnologias de última geração que levarão a companhia, e o próprio sector, a ter navios a operar com emissões zero.”

Por reconhecermos que até a mais avançada tecnologia ambiental marítima actual é insuficiente para alcançar imediatamente a neutralidade do carbono, o compromisso adicional que assumimos hoje garante que a nossa frota não contribua negativamente para as mudanças climáticas a partir de 1 de janeiro de 2020. Somos uma empresa com mais de 300 anos de herança marítima e com um enfoque histórico no longo prazo, típico de empresas familiares como a nossa. Para nós, este é mais um passo no nosso compromisso de longa data de proteger os oceanos, os destinos que visitamos e as comunidades portuárias às quais chegamos.”

A MSC Cruzeiros compensará todas as emissões directas de dióxido de carbono (CO2) das suas operações marítimas de toda a frota através de uma combinação de projectos de compensação de carbono desenvolvidos de acordo com os mais altos padrões das principais entidades internacionais que tomam medidas imediatas sobre as emissões de gases de efeito estufa. Todos os custos destas compensações, bem como quaisquer outros itens associados, serão cobertos directamente e na íntegra pela Companhia.

Pierfrancesco Vago acrescentou: “Trabalharemos com os principais fornecedores de compensações de carbono capazes de compensar as emissões de CO2 com o mais alto nível de integridade. A nossa visão é também investir em projectos que forneçam benefícios quantificáveis ​​à comunidade, protejam o meio ambiente e apoiem os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU.”

A MSC Cruzeiros visa desenvolver, em particular, um portefólio de compensação de carbono que incorpore projectos que protejam e restaurem os habitats oceânicos e costeiros, além de absorver mais CO2 do que acontece neste momento. Como actualmente os projetos de Carbono Azul focados nos habitats costeiros são escassos, a MSC Cruzeiros apoiará o desenvolvimento do que se tornará no primeiro carbono a ser gerado a partir do vasto oceano do planeta, constituindo um novo e importante meio para proteger e melhorar a biodiversidade marinha e apoiar as comunidades que dependem dos recursos altamente pressurizados do mar.

O Executive Chairman da MSC Cruises concluiu: “As compensações pelo Carbono Azul serão uma área específica do nosso compromisso de garantir a neutralidade do carbono com efeito imediato. Colocaremos os nossos colaboradores e os nossos recursos a trabalhar também para apoiar o desenvolvimento de projectos específicos deste tipo e para facilitar os processos de certificação, que podem gerar esta forma inovadora de compensações que beneficiam directamente os oceanos e as comunidades que vivem à beira-mar. À medida que mais projectos estiverem disponíveis, aumentaremos continuamente a nossa confiança nos mesmos, como uma área adicional de enfoque dentro do nosso compromisso geral de longa data em alcançar operações com emissões zero.

O compromisso da MSC Cruzeiros de proporcionar operações com emissões zero também inclui um enfoque específico na eficiência energética e noutros aspectos das suas operações para além das emissões. Desde 2017, todos os novos navios da MSC Cruzeiros têm sido equipados com instalações de energia eléctrica do cais para o navio, um recurso que permite aos navios de cruzeiro passar imediatamente a “emissões zero” em qualquer porto que esteja preparado para esta tecnologia. Este facto proporcionará um benefício geral ainda maior quando a fonte final de energia em terra for renovável.

Todos os detalhes desta iniciativa de neutralizar o carbono da MSC Cruzeiros foram revelados na passada sexta-feira, dia 8 de novembro, numa conferência de imprensa dedicada a bordo do MSC Grandiosa, o novo navio emblemático  da companhia e um dos navios mais avançados em termos ambientais até ao momento. O MSC Grandiosa foi entregue à MSC Cruzeiros no último dia do mês de Outubro, no mesmo dia em que a companhia iniciou a construção do MSC Europa, o primeiro de cinco navios de cruzeiro movidos a Gás Natural Liquefeito (LNG) que serão inaugurados entre 2022 e 2027.

Leia também  8 Propostas da MSC Cruzeiros para o Natal e Fim de Ano (com voos incluídos)

O MSC Grandiosa e o MSC Europa representam um progresso adicional significativo em termos de cumprimento do objectivo da MSC Cruzeiros de minimizar e reduzir continuamente a pegada ambiental da frota.

Notas sobre o MSC Grandiosa

O MSC Grandiosa, que foi baptizado no dia 9 de Novembro em Hamburgo, apresenta um inovador sistema de Redução Catalítica Selectiva (SCR) que ajuda a reduzir o óxido de nitrogénio em 80% através de uma tecnologia avançada no controlo de emissões activas. O óxido de nitrogénio proveniente das operações do motor é conduzido através de um catalisador – um dispositivo de alta densidade feito de metais nobres – e convertido em nitrogénio e água, ambos compostos inofensivos.

O MSC Grandiosa está também equipado com um sistema de energia eléctrica da terra para o navio que permitirá ao navio “ligar-se” à rede elétrica do porto para reduzir as emissões do navio a zero, enquanto este estiver no cais. Esta é uma funcionalidade que se tornou num padrão para todas as novas construções da MSC Cruzeiros, desde 2017.

Estas novas características foram adicionadas a outras tecnologias ambientais aplicadas no navio e em toda a frota da companhia, que visam minimizar e reduzir continuamente o impacte ambiental, incluindo: sistemas híbridos de última geração de limpeza de gases de exaustão (EGCS), que removem o óxido de enxofre das emissões dos navios até 97%; sistemas avançados de gestão de resíduos e de águas residuais; sistemas de tratamento de água de lastro; sistemas de tecnologia inovadores para a prevenção de descargas de óleo das áreas das máquinas e várias melhorias efetivas na eficiência energética – desde sistemas de recuperação de calor a iluminação por LED.

Actualmente, o MSC Grandiosa e 10 outros navios da frota de 17 navios da MSC Cruzeiros estão equipados para emissões mais limpas com o sistema híbrido (de circuito fechado) EGCS. Os outros seis navios da companhia serão modernizados com esta tecnologia até ao final de 2023 e até então usarão combustíveis com baixo teor de enxofre e estarão sempre em conformidade com os mais rigorosos regulamentos marítimos.

O MSC Europa, o primeiro navio da companhia movido a Gás Natural Liquefeito (LNG) terá uma redução de mais 99% das emissões de SOx e até 85% das emissões de NOx, além de eliminar em grande parte o material de partículas de exaustão. O LNG permitirá também uma redução de 20% nas emissões de CO2.

Especificações ambientais do MSC Grandiosa

  • Design Geral e de Eficiência Energética do casco: Menos 28% de combustível, em comparação com os navios da Classe Fantasia (que começaram a navegar entre 2008-2013), o que representa uma redução de 255 kg de CO2 por passageiro por cruzeiro.
  • Hidrodinâmica: design optimizado das hélices e Azipods e propulsores de última geração.
  • Sistema Híbrido de Limpeza de Gases de Exaustão (EGCS): Menos 97% de óxido de enxofre através de um sistema que opera em circuito fechado.
  • Sistema de Redução Catalítica Selectiva: Menos 80% de óxido de nitrogénio através de tecnologia de controlo de emissões activas.
  • Energia do cais para o navio: totalmente apto a ligar-se à rede eléctrica local para reduzir as emissões do navio, enquanto este está no porto.
  • Sistema de tratamento da água do lastro: um sistema para evitar a invasão de espécies indesejadas através da água do lastro.
  • Gestão avançada de resíduos sólidos: sistemas abrangentes para reduzir, reciclar e reutilizar todos os resíduos a bordo.
  • Sistema Avançado de Tratamento de Águas Residuais: este sistema trata as águas residuais a um nível mais elevado do que o que acontece na maioria das cidades em todo o mundo.
  • Sistema inteligente de aquecimento, ventilação e ar condicionado (HVAC): dois ciclos de recuperação do aquecimento para redistribuir inteligentemente o calor e o frio da lavandaria e dos espaços das máquinas para aquecer as piscinas ou outras partes do navio.
  • Optimização do caimento: um software para monitorizar e optimizar o caimento, a estabilidade do navio, em tempo real. Esta tecnologia oferece suporte aos oficiais do navio para manter o caimento da embarcação optimizada, de forma a reduzir o consumo de combustível e optimizar o seu desempenho.
  • Poupança de energia através da iluminação por LED: todos os navios da MSC Cruzeiros utilizam LEDs e lâmpadas fluorescentes de eficiência energética.
  • Pintura do casco: os cascos de todos os navios da MSC Cruzeiros são revestidos com tintas especiais que respeitam o meio ambiente e que impedem o crescimento de algas e organismos marinhos para reduzir significativamente o aderência.
Booking.com

Add Comment

Click here to post a comment

Nuno Ribeiro

Olá, o meu nome é Nuno Ribeiro e sou fundador do Blog dos Cruzeiros, um blog sobre o mundo dos grandes cruzeiros, onde pode encontrar notícias, opiniões, sugestões, guias, companhias, navios e muito mais.

Sempre que subo a bordo de um navio descrevo toda a experiência aqui para que possa ajudar quem pretende fazer um cruzeiro. Boas leituras!