Notícias

Mercado mundial de cruzeiros continua a crescer

Nos últimos anos, apesar de toda a evolução das companhias e dos inúmeros navios que têm sido apresentados, o mercado tem vindo a sofrer com uma grande recessão, muito devido aos incidentes que têm acontecido, dando uma má imagem à indústria e trazendo todo o tipo de problemas para serem trabalhados e resolvidos. Porém, segundo as tendências que têm vindo a ser apresentadas, o mercado mundial de cruzeiros continua a crescer e os próximos anos serão muito interessantes.

No próximo ano, segundo dados apresentados pela CLIA, o mercado mundial de cruzeiros vai atingir o número de 21,7 milhões de passageiros, com as 63 empresas que fazem parte da indústria. Para atender a toda a procura que o mercado tem tido nos últimos anos, este ano vão começar a operar 24 novos navios, significando assim um aumento de 37.546 passageiros, num total de 8 milhões de euros.

Este ano será de novidades, com 24 novos navios, passando assim para 410 a frota da CLIA, contra os 393 do ano anterior, sendo que incluí não só os navios de grande dimensão como também os médios e pequenos. Além disso, nos próximos anos, entre 2016 e 2018, estão outros 12 navios por confirmar, mas com ordens pendentes por parte das companhias, aumentando assim a capacidade de passageiros em 33.192 passageiros, num grande investimento no total.

Com o mercado mundial de cruzeiros a continuar a crescer, as companhias têm também que seguir algumas tendências e criar algumas distinções, para que os próprios passageiros reconheçam essa evolução, nomeadamente a nível de tecnologia dos navios, fornecendo serviços mais eficientes aos passageiros, aumentar o número de passageiros de tenra idade que viajam pela primeira vez num cruzeiro, apresentar um maior número de cruzeiros de luxo, com categorias de luxo e estimulando a economia e a confiança dos passageiros, mais opções de pacotes especiais e com preços muito interessantes, mais destinos exóticos e roteiros bastante completos.

Leia também  Cruzeiros regressaram hoje ao Porto de Lisboa com o World Navigator (e espera-se mais 25 escalas até Setembro)

Por outro lado, também extremamente importante, os novos portos e as alterações feitas a portos já existentes, vão garantir assim novas opções de escala, principalmente para os navios de grande dimensão que têm algumas limitações nesse aspecto, com destaque para o novo porto de Miami e até o de Lisboa.

Para o próximo ano, existem alguns destaques que devem ser mencionados, nomeadamente:

  • o mercado mundial de cruzeiros está avaliado em, aproximadamente, 37.1 bilhões de dólares, uma subida de 2.3% em relação a 2013
  • são esperados 21.7 milhões de passageiros em todo o mundo, um aumento de 3% em relação ao ano anterior
  • quase 80% do mercado mundial de passageiros transportados é da responsabilidade da Carnival, Royal Caribbean e Norwegian
  • é esperado que os passageiros gastem um total de 18.9 biliões de dólares nas escalas em todo o mundo, durante todo o ano
  • o porto em destaque é o de Miami  e o destino são as Bahamas

Serão adicionados ao mercado em 2014 um total de 6 navios, aumentando a capacidade em 17.410 passageiros, nomeadamente 4 mil passageiros do Norwegian Getaway, 3600 do Regal Princess, 2500 passageiros do Mein Schiff, 3 mil passageiros do Costa Diadema e 4100 passageiros no Quantum of the Seas.

Em 2018, os números serão ainda mais impressionantes, nomeadamente com o número de passageiros a atingir os 24.1 milhões, em todo o mundo, sendo que desses 58,8% serão provenientes da América do Norte e 27,2% da Europa, segundo estudos feitos.

Add Comment

Click here to post a comment

Leave a Reply