fbpx
Notícias

Famosos Burros de Santorini vão ter (finalmente) um alívio

Photo: PETA

A Grécia acaba de aprovar uma nova lei que impõe a proibição de turistas considerados acima do peso de realizarem passeios de burro na ilha de Santorini.

Mais especificamente, a lei proíbe que pessoas com mais de 100 kg montem os burros, uma das atividades mais populares da ilha.Trata-se de um conjunto de novas leis que visa proteger os burros de Santorini.

Grupos de defesa dos direitos dos animais afirmam que estes sofrem lesões na coluna, apresentam feridas abertas e stress, como resultado de transportar turistas com excesso de peso, uma situação que piorou com a obesidade em ascensão.

Os animais são comumente usados para longos passeios pela íngreme escarpa costeira até à capital montanhosa de Fira, em Santorini. São obrigados a trabalhar longas horas por dia, sete dias por semana, durante o tempo quente, sem abrigo, água ou descanso.

Num comunicado publicado no início deste ano, o grupo The Donkey Sanctuary disse estar “consternado com as condições” que a sua equipa testemunhou em Santorini. “Burros e mulas exaustos passam longos dias sob um sol escaldante, transportando turistas ou pesadas cargas de lixo, com pouca ou nenhuma água, comida ou sombra”, disse o grupo.

Grupos no Facebook e petições online surgiram durante o Verão, pedindo boicotes aos passeios de Santorini e protestando pela criação de mais proteções a favor dos animais. Uma petição da change.org conseguiu mais de 108.000 assinaturas.

Apesar do facto de que se trata apenas de uma caminhada de 30 minutos, os animais são usados como transporte cruel para pessoas que querem viver a experiência ‘grega real’ “, disse a petição. “Os burros são forçados a ficar ao sol, no meio das próprias fezes e tudo o que fazem é subir e descer, carregando pessoas preguiçosas para caminhar ou ir no teleférico. Para além disso, os agricultores dão-lhes chicotadas para fazê-los ir mais depressa”.

Leia também  Dubai vai ter táxis voadores.... e entram já em serviço em 2026

De acordo com as novas leis, os burros de passeios em Santorini não devem transportar cargas pesadas acima de 100 kg.

Os donos dos animais devem garantir que o nível de saúde dos animais é elevado“, diz um comunicado do governo. “Sob nenhuma circunstância devem ser usados animais impróprios para realizarem o trabalho, ou seja, animais doentes, feridos, animais em gestação avançada, bem como animais com má manutenção dos cascos. Devem receber diariamente alimentos adequados e água potável fresca, em recipientes que não possam ser contaminados e sejam limpos pelo menos uma vez por dia.”

Um video da PETA, uma organização para a defesa dos animais, expõe o problema e as condições que os burros são forçados no transportes dos turistas:

Share this

Novo Cruzeiro de Grupo: Ilhas Gregas a bordo do Celebrity Infinity!