fbpx
Costa Cruzeiros Notícias

Familiares e sobreviventes lembram o naufrágio do Costa Concordia ao fim de um ano

Foi na noite de 13 de Janeiro de 2012 que este navio que transportava 4299 pessoas, das quais 3200 eram passageiros, encalhou junto às margens da Ilha Giglio depois de embater contra uma rocha a 300 metros da costa. A maioria dos passageiros e tripulantes foram salvos, porém 32 pessoas acabaram por morrer no acidente, existindo ainda 2 vítimas que nunca chegaram a ser encontradas.

Costa ConcordiaAgora, um ano depois, as famílias das vítimas, os sobreviventes e ainda a própria companhia, lembram o primeiro aniversário do acidente e entre missas, cultos e cerimónias por várias zonas da pequena ilha de Giglio, os presentes acabaram por lembrar aquela fatídica noite e homenageando todos os que perderam a vida no desastre.

As cerimónias estão agendadas para começar às 9h no Domingo, quando uma placa com o nome de todas as vítimas for fixada a um rochedo no mar. Mais tarde, irá ser celebrada uma missa, na mesma igreja onde os primeiros sobreviventes do acidente foram recebidos por equipas médicas. Será também entregue uma medalha de profissionalismo e homenageando o seu trabalho, a todos os salva-vidas que participaram nas manobras de salvamento. À hora do acidente, ou seja, às 20h45, as sirenes vão tocar e acontece um concerto de música clássica numa outra igreja.

Leia também  MSC Foundation esteve na Monaco Ocean Week para falar da conservação dos oceanos

A própria companhia terá várias cerimónias preparadas, não só na Ilha, como também nas cidades onde residem as famílias das vítimas. Os escritórios da companhia terão também todas as suas bandeiras hasteadas a meio mastro, em sinal de respeito e homenagem a todas as vítimas.

Aos olhos da lei, o principal responsável é o capitão do navio, Francesco Schettino, que está ainda a responder perante a justiça por naufrágio, homicídio por negligência e ainda por ter abandonado o navio. O próprio, encontra-se neste momento à espera da conclusão, enquanto não pode sair da cidade onde reside.

Os restos do Costa Concordia serão retirados durante o Outono, informou esta terça-feira o presidente da região da Toscana, Enrico Rossi.

Share this

Novo Cruzeiro de Grupo: Ilhas Gregas a bordo do Celebrity Infinity!