fbpx
Notícias Royal Caribbean

Explorer of the Seas termina cruzeiro mais cedo devido a surto viral

Foram 622 passageiros e 50 tripulantes os afectados com um vírus durante a viagem a bordo do Explorer of the Seas, da Royal Caribbean, há dias atrás. O navio transportava um  3071 passageiros e 1166 tripulantes, sendo que mais de 700 pessoas sentiram vómitos e diarreia, de acordo com as informações passadas pelo CDC, Centro de Controlo de Doenças, durante um cruzeiro pelas Caraíbas.

O navio encontrava-se a realizar um cruzeiro de 10 dias, sendo que devido a um surto de uma doença gastrointestinal, terminou 2 dias mais cedo do que o esperado, regressando ao porto de origem, em Nova Jersey, nos EUA. A causa do surto ainda é desconhecida, sendo que estão a ser feitos análises e estudos necessários para determinar a causa. As autoridades sanitárias acreditam tratar-se de um norovírus, muito comum em locais confinados como o caso dos navios de cruzeiros, que se transmite essencialmente pela água, alimentos ou até pelo contacto em superfícies contaminadas.

Aconteceu tudo de uma forma repentina, levando assim a que a Royal Caribbean admitir que era incapaz de resolver a situação sem necessidade de regressar a terra. Nada faltou aos doentes, porém aconteceu tudo tão rápido e eram tantos os casos, que a companhia não teve outra opção.

Leia também  As opções da Royal Caribbean para as Caraíbas em 2025 (desde a Florida e da Costa Oeste)

Em comunicado a companhia pediu desculpa a todos os passageiros, por não ter conseguido dar as férias que eles esperavam, sendo que irá oferecer um crédito adicional por cada dia que tenham sido afectados pela doença, assim como 50% de desconto nas tarifas aplicadas a esses mesmos passageiros.

Share this

Novo Cruzeiro de Grupo: Ilhas Gregas a bordo do Celebrity Infinity!