Entrevistas

Entrevista com Alexandra Mendonça, Presidente da APRAM

Depois das entrevistas a Eduardo Cabrita, da MSC Cruzeiros e Francisco Teixeira, da Melair, desta vez estivemos à conversa com Alexandra Mendonça, Presidente do Conselho de Administração da APRAM – Administração dos Portos da Madeira, SA.

BC (Blog dos Cruzeiros): Com o final do ano de 2012 quais os resultados obtidos relativamente ao número de cruzeiros e de turistas de cruzeiros que passaram este ano pela Madeira?

AM (Alexandra Mendonça): Em 2012, o Porto do Funchal recebeu 336 escalas, mais 33 do que em 2011 e 592.935 passageiros, mais 52.755 turistas do que no ano anterior. Em termos percentuais, falamos de crescimentos na ordem dos 11% e 10%, respectivamente, tratando-se de mais um recorde atingido. Convém aqui referir que o Porto do Funchal liderou, em 2012, o movimento de escalas e de passageiros de navios de cruzeiro, no todo nacional.

BC: No guia da Berlitz, sobre cruzeiros e navios de cruzeiros, o autor – Douglas Ward, refere que a descida típica nos “carros-de-cesto” é uma das 100 excursões mais populares, a nível mundial, entre os turistas de cruzeiros. Poderiam sugerir outras atrações para os passageiros dos navios de cruzeiros que visitam a Madeira?

AM: A oferta que o destino Madeira apresenta aos seus visitantes é vasta e multifacetada, integrando várias possibilidades. Entre estas, e atendendo à procura que se verifica por parte dos turistas de cruzeiro, merecem referência, por exemplo, os passeios marítimos para observação de golfinhos, baleias, tartarugas e aves, assim como as visitas à costa norte da ilha, onde se concentra a maior mancha de floresta Laurissilva, a floresta indígena das chamadas ilhas da Macaronésia, a qual foi reconhecida pela Unesco como património natural mundial.

BC: Quais as principais companhias de cruzeiros que visitam a Madeira?

AM: São várias as companhias que operam para a Madeira, todas elas importantes para a sustentabilidade e crescente competitividade deste Porto. Em 2012, as 336 escalas foram efetuadas por 106 navios de cruzeiro pertença de várias companhias ou operadores.

BC: O cartão de descontos, dirigido aos turistas de cruzeiros, e promovido pela “ACIF – Câmara de Comércio e Indústria da Madeira”, já se encontra implementado desde Outubro. Já existem dados sobre a adesão a este cartão?

AM: Essa pergunta terá de ser feita à ACIF.

BC: Está previsto, ou já foi aplicado, um questionário de caracterização e de satisfação dos turistas de cruzeiros que passam pela Madeira?

Leia também  Entrevista a Eduardo Cabrita, diretor-geral da MSC Cruzeiros: "Os portugueses terão uma grande surpresa nos cruzeiros com embarque e desembarque em Lisboa"

AM: Existem vários inquéritos sobre o perfil e a satisfação do turista de cruzeiro que visita a Madeira, elaborados em parceria com os portos de Canárias, no âmbito da marca “Cruises in the Atlantic Island”.

O último inquérito revelou que a grande maioria dos turistas que visita estes dois arquipélagos gosta do clima, da tranquilidade e da diversidade de património a visitar, assim como tem tendência para repetir ambos os destinos. O estudo confirma que o cliente de cruzeiro valoriza o conceito global “ilhas atlânticas”.

Falamos de turistas que apresentam uma idade entre os 40 e os 65 anos e que gastam, em média, 68 euros, com excursão, nas Ilhas Canárias. Na Madeira, este valor é ligeiramente superior, rondando os 70 euros.

BC: Existem dados que analisem se o crescente fluxo de turistas de cruzeiros na Madeira potencia o turismo da Região, com a possibilidade desses turistas regressarem mais tarde, sem ser em cruzeiro, e usufruírem mais tempo da Região?

AM: Sim, há dados que demonstram que muitos turistas regressam ao nosso destino, após uma escala de cruzeiro.

BC: Como caracterizam o desenvolvimento do sector de “turnaround” na Madeira?

AM: Trata-se de um segmento em desenvolvimento. Neste momento, existem apenas duas companhias a efetuar inícios ou finais de viagem aqui na Madeira e o nosso objetivo é que esta seja uma atividade a desenvolver nos próximos anos.

BC: O que é que a Madeira tem para oferecer aos turistas de cruzeiros, que a diferenciam de outros destinos?

AM: A Madeira oferece, simultaneamente, uma oferta que preenche diferentes necessidades, gostos e expectativas. Associada a esta oferta, o clima, a segurança, a variedade cultural, natural e paisagística, assim como a gastronomia e a hospitalidade são, naturalmente, pontos a favor que nos distinguem e identificam.

BC: Quais as principais nacionalidades dos turistas de cruzeiros que visitam a Madeira?

AM: São muitas as nacionalidades, entre as quais se destacam os ingleses e alemães.

BC: Quais as expectativas para atrair mais companhias a visitar a Madeira?

AM: O trabalho de promoção e comercialização irá continuar e ser reforçado, tanto individualmente como em conjunto com os portos de Canárias e com os portos nacionais, no sentido de mantermos a nossa competitividade no mercado e o posicionamento estratégico que soubemos alcançar.

Add Comment

Click here to post a comment

Deixar uma resposta

Nuno Ribeiro

Olá, o meu nome é Nuno Ribeiro e sou fundador do Blog dos Cruzeiros, um blog sobre o mundo dos grandes cruzeiros, onde pode encontrar notícias, opiniões, sugestões, guias, companhias, navios e muito mais.

Sempre que subo a bordo de um navio descrevo toda a experiência aqui para que possa ajudar quem pretende fazer um cruzeiro. Boas leituras!