Guias

62 Dicas Essenciais para quem vai fazer um Cruzeiro pela Primeira Vez (Um Guia Completo até para os mais experientes)

MSC Seaside's sea trials performed on 12 September 2017 - Courtesy of FINCANTIERI S.p.A. All rights reserved

Um cruzeiro pode ser uma experiência para pessoas de todas as idades e para todos os tipos de viajantes – solteiros, casais, séniores, grupos de amigos, etc…!

Este guia é para todas as pessoas que vão fazer um cruzeiro pela primeira vez e para que tenham uma experiência absolutamente inesquecível e pelas razões certas: as vistas magníficas, o conforto do quarto, o fabuloso serviço de alimentação e entretenimento, o tempo passado com seus entes queridos e os amigos que fazem na viagem.

Sabemos que fazer um cruzeiro pela primeira vez pode parecer um pouco assustador, mas não se preocupe: a nossa lista contém dicas e truques para que esteja totalmente preparado para uma maravilhosa aventura.

Independence of the Seas

Dicas para quem vai fazer um Cruzeiro pela primeira vez

1. Os Cruzeiros não são todos iguais

Sabia que existe uma companhia de cruzeiros adequada a cada personalidade? Muito mais do que ir de um destino para outro, as companhias de cruzeiro criam distintas atmosferas a bordo, e o cliente escolhe a sua própria aventura, com base naquilo de que realmente gosta. Do sofisticado serviço de luvas brancas à retro hamburgueria Johnny Rockets, as ofertas variam de acordo com as diferentes ideias sobre conforto e orçamento. O aspecto mais importante a considerar ao avaliar uma companhia de cruzeiros é a sua cultura, seja uma festa a bordo da Norwegian, um navio da Royal Caribbean ou MSC Cruzeiros voltado para as famílias, a realização de uma palestra na Viking ou uma viagem de expedição a bordo da Silversea. Os navios menores tendem a oferecer experiências de navegação mais personalizadas e descontraídas, mas também mais caras, enquanto que os gigantescos transatlânticos reflectem uma extravagância ao estilo de Las Vegas. Se tiver dúvidas consulte o nosso guia completo para escolher a companhia de cruzeiros certa.

2. Documentação

Para qualquer cruzeiro vão lhe exigir o passaporte com validade de 6 meses antes da data de partida. Este é o documento mais importante, embora em alguns cruzeiros na Europa não seja obrigatório, é altamente recomendável levá-lo, bem como o seu Cartão de Cidadão. Não se esqueça igualmente do Bilhete de Cruzeiro que a sua agência lhe forneceu. O check-in é um processo relativamente simples, semelhante ao de um voo, que inclui verificação de segurança. Confirme com antecedência qual é a documentação necessária (a empresa de cruzeiros poderá ajudá-lo).

3. Faça um seguro de viagem

Escusado será dizer que, se viajar para qualquer lugar fora do seu país de origem, é fundamental fazer um seguro de viagem. Certifique-se de que o seu seguro cobre também todas as atividades desportivas, como snorkeling ou mergulho e quaisquer condições médicas que possa ter.

4. Chegue na véspera da partida

Não será nada positivo se as férias dos seus sonhos tenham um mau começo. Portanto, planeie estar no porto de embarque, pelo menos, um dia antes do dia do embarque. Isto poderá prevenir atrasos nos voos ou cancelamentos de última hora. Teoricamente poderá chegar ao navio poucas horas antes da partida que consta no seu bilhete de cruzeiro. Muitos hotéis dentro de um determinado raio em redor do porto de embarque fornecem transfer gratuito (ou por uma pequena taxa adicional) para o navio, de forma a chegar ao porto a tempo no primeiro dia. Os serviços de transporte fornecidos pelas companhias de cruzeiro são muito mais caros.

5. Tente entrar no navio mais cedo, ou mais tarde, do que todos os outros

Algumas empresas de cruzeiros oferecem embarque antecipado em troca de uma taxa adicional, o que permite embarcar no navio antes da maioria dos outros viajantes. Além disso, se tiver requisitos de acessibilidade (por exemplo, se estiver em cadeira de rodas), peça para preparar o seu quarto com antecedência para que tenha tempo de se acomodar. Isto pode ser feito sem custos extra. Geralmente, há uma grande pressa para embarcar no navio no dia do embarque e, se não tiver providenciado o embarque antecipado, poderá evitar a multidão e as filas se chegar mais cedo ou ficar um pouco mais num café enquanto todos os demais embarcam. Você decide.

Chegar um pouco mais tarde pode evitar grandes filas no check-in | Harmony of the Seas

6. Procure a fila certa para fazer o check-in

Quando chegar ao navio para iniciar o cruzeiro, esteja preparado para ver várias filas diferentes com viajantes que aguardam o check-in. Por exemplo, os passageiros que reservem suites poderão ter filas próprias, distintas das restantes. Fique atento às indicações no seu bilhete de cruzeiro e na chegada ao porto de embarque.

7. Restrições de bagagem são muito mais baratas e simples

Uma das piores coisas de apanhar um avião é garantir que não levamos líquidos na bagagem de mão e que as malas não sejam demasiado pesadas. Nos cruzeiros geralmente não há restrições, mas convém imperar aqui o bom-senso. É aconselhável deixar algum espaço vazio nas suas malas para lembranças. E não se esqueça que se tiver que voar, antes ou depois do seu cruzeiro, estará limitado às regras das companhias aéreas. Algumas pessoas trazem os seus secadores de cabelo, apenas para descobrir que já existem nos camarotes, spas ou cabeleireiros. Não vale o esforço.

8. Saiba o que está incluído no preço do cruzeiro e o que não está

Esta dica irá ajudá-lo a simular o seu orçamento. Quase todos os navios de cruzeiro incluem uma variedade de shows como parte do custo do cruzeiro, por exemplo, e quase todas as companhias de cruzeiro fornecem as refeições incluídas. Muitas opções adicionais – como tratamentos de spa, restaurantes da especialidade, espetáculos especiais e experiências gastronómicas – exigirão um pagamento adicional. O serviço de quarto é muitas vezes incluído no preço do cruzeiro – algo que tende a encantar os passageiros, mas algumas companhias pedem uma taxa adicional para o serviço de quarto à noite. Uma lista completa de preços pode ser encontrada no site ou a bordo.

9. O exercício de segurança (muster drill) é obrigatório – não falte

Não falte ao simulacro de emergência

É daqueles que adormece quando exibem as regras de segurança no avião, porque já ouviu imensas vezes? Há algo semelhante um navio de cruzeiro e é chamado de “muster drill“. É uma simulação para familiarizar todos os hóspedes com os procedimentos necessários no caso improvável de uma emergência a bordo. Não deve faltar.

No caso de uma emergência real, as coisas podem ficar bastante confusas. No entanto, a simulação permite que planeie o seu percurso para o ponto de encontro a partir do seu camarote, ou do seu restaurante favorito e, portanto, será muito mais fácil repetir esse percurso com muito mais calma no caso de uma emergência real. Não se preocupe, porém, pois emergências em navios de cruzeiro são muito, muito raras!

10. Quando entrar no navio, desligue o telefone

Mesmo se o usar no cruzeiro, um telemóvel ligado pode estar a acumular taxas em silêncio conforme o seu plano de dados de roaming faz a ligação à rede do navio ou redes locais dos diferentes países pelos quais o navio passa. Alguns navios de cruzeiro oferecem wifi gratuito. Consulte o nosso guia super-completo sobre como usar correctamente o seu telemóvel a bordo.

11. Use desinfetantes para as mãos e lave as mãos com frequência

Uma das pragas dos navios de cruzeiro é, infelizmente, um vírus causador da gastroenterite, mais conhecido como norovírus. Isso ocorre porque um navio de cruzeiro fechado, com um grande número de pessoas, oferece um ambiente quase perfeito para a propagação do norovírus. Use e abuse de desinfetante para mãos antes e depois das refeições e regularmente ao longo do dia. Use as escadas quando puder para se manter ativo e não beba água (nem gelo) nos portos onde a qualidade da mesma é um problema.

12. Descubra se pode levar álcool para o navio

Normalmente pode trazer bastante bagagem para bordo de um navio de cruzeiro, mas a maioria dos cruzeiros permite que os passageiros tragam um pouco de álcool quando embarca, mas são muito restritivos sobre a quantidade. Consulte a documentação da sua companhia. No final, querem lucrar nos bares e restaurantes a bordo, no entanto, sabemos que pode ser muito bom desfrutar de uma garrafa de vinho na sua varanda, portanto, o nosso conselho é descobrir qual o limite máximo permitido pelo seu navio e levar essa quantidade. Desta forma, se gastar o seu orçamento e perceber que não pode pagar o bar a bordo nas últimas noites, poderá saborear um pouco do seu próprio vinho no conforto do seu quarto.

13. Planeando beber a bordo? Escolha um pacote com tudo-incluído

Se gosta de beber às refeições e se se quer divertir na sua viagem, pode encontrar uma conta considerável no bar a bordo. Uma boa opção pode ser pagar um pacote tudo-incluído para que possa desfrutar de um cocktail, ou dois ou três, mas sem os custos substanciais tradicionalmente envolvidos. Esteja ciente, no entanto, de que nem todos os navios de cruzeiro incluirão as bebidas no mini-bar da sua cabine neste pacote – e como acontece com os hotéis, o pessoal do navio de cruzeiro pode ser muito bom em reabastecer esses locais de forma invisível todos os dias. Também existem companhias que oferecem o tudo-incluído a bordo ou uma experiência de camarote que inclua bebidas. Sobretudo faça as contas para ver se o pacote compensa, e lembre-se, por norma, todos os passageiros adultos do mesmo camarote terão que adquirir o mesmo pacote, o que duplica a despesa.

14. Os navios de cruzeiro têm um método de pagamento exclusivo

Quando paga qualquer coisa a bordo de um navio de cruzeiro, o pagamento é feito usando a chave do quarto, o seu cartão pessoal. Ao fazer o seu check-in receberá um cartão, que será a sua identificação a bordo, e também o seu método de pagamento em todos os serviços do navio. Basicamente a companhia associa o seu cartão de crédito ao cartão do navio. Durante o seu cruzeiro poderá fazer compras apenas apresentando o seu cartão do navio, personalizado com o seu nome. Mesmo para embarcar/desembarcar vai precisar do cartão, pelo que deverá andar com ele em todos os momentos do cruzeiro. No final, a conta acumulada será debitada no seu cartão de crédito associado. Se tiver tudo bem, nem precisa de fazer nenhum pagamento no último dia, evitando as habituais filas.

15. Reserve espetáculos, restaurantes e spa com antecedência

Tente reservar o máximo de entretenimento possível. Em cruzeiros maiores, atividades de entretenimento e lazer, como espetáculos nocturnos ou tratamentos de spa, podem ser reservados rapidamente, caso contrário poderá enfrentar longas filas de espera. Estas atividades podem ser reservadas com antecedência bem antes do dia da partida, seja on-line ou por telefone. Muitas companhias oferecem dois ou três turnos de espetáculos, para que quem jantar mais cedo (ou mais tarde) possa ter sempre a possibilidade de assistir ao espetáculo. Os espetáculos são normalmente gratuitos, alguns apenas requerem uma reserva (outros não). No caso dos restaurantes de especialidade, e maioria é paga, bem como os tratamentos de spa. Informe-se com a sua companhia.

Os SPA podem encher rapidamente caso não reserve

16. Tente reservar as suas excursões com antecedência

Podem realizar-se inúmeras excursões em terra, quando o navio atraca nos portos onde faz escala. Aqui, pode fazer coisas como degustação de vinhos, visitas a museus, aulas de mergulho, etc. As empresas de cruzeiro fornecem uma lista das excursões em terra antes do cruzeiro, e é uma boa ideia reservar as que deseja fazer pois as melhores esgotam depressa. Também poderá ignorar as excursões dos navios, normalmente mais caras, e usar companhias independentes para realizar as excursões, já que são bem mais baratas e qualidade não é comprometida. Se quiser pode ir por sua conta em qualquer porto de escala, sem ter que pagar mais por isso. Consulte aqui o nosso guia sobre excursões.

17. Ir a restaurantes especializados no primeiro dia

Se gosta de uma refeição especial, aconselhamos a aproveitar a sua experiência num dia específico. Cada navio tem restaurantes especializados, e estes podem ficar cheios rapidamente. No entanto, se pretende desfrutar dessa refeição especial, no dia do embarque, descobrirá que a maioria dos restaurantes chiques do navio está menos lotada. Isso ocorre porque todos estão ocupados a instalarem-se nos seus camarotes e a explorarem o navio. Se reservar aquela refeição no primeiro dia, encontrará um ambiente tranquilo.

18. Aproveite o Spa no primeiro dia

Já mencionámos que o dia do embarque é o melhor dia para comer num restaurante de especialidade, pois permite evitar as multidões. O mesmo para visitar o spa. Muitos spas oferecem tours introdutórios especiais para os passageiros no dia em que embarcar. A equipa do spa irá orientá-lo e mostrar as diferentes salas e explicar os vários tratamentos.

19. Dirija-se ao deck da piscina ao sair de cada porto de escala

À medida que o navio parte, os viajantes mais experientes dirigir-se-ão directamente para o pool deck, o andar superior do navio, para que possam participar da tradicional festa de “sail-away” – certifique-se de se juntar a eles neste momento imperdível. Um pôr do sol no mar é uma das coisas mais belas que se pode ver. Se passar o tempo todo no bar, restaurante ou casino, perdendo estes momentos maravilhosos, vai-se arrepender. Muitos navios de cruzeiro permitirão que desfrute da sua refeição no convés enquanto o sol se põe, ou beba algo enquanto o céu se transforma numa profusão de cores antes do início do crepúsculo.

O pool deck é o local ideal para ver o pôr do sol | Costa Fascinosa

20. Esteja preparado para fotos (e mais fotos)

A sua provavelmente será tirada em algum momento (bem, em vários momentos, na verdade) durante a sua viagem. Os novatos geralmente ficam surpreendidos ao encontrar um fotógrafo a aparecer a meio do jantar para tirar fotos. O nosso conselho? Esteja preparado para isso. Os navios de cruzeiro contratam fotógrafos profissionais para percorrer o navio durante o cruzeiro e tirar fotos dos passageiros. Se não gosta de tirar fotos, pode dizer não, obrigado. Ou então deixar que tirem e depois vá até à loja das fotografias procurar pela sua. Se interessar compre, caso contrário… deixe ficar lá. Prepare-se, os pacotes de fotografias são incrivelmente caros.

21. Basicamente existem 4 categorias de camarotes

Na realidade existem muitas mais… mas normalmente separam-se nestas quatro: camarote interior, camarote exterior, camarote com varanda e suites. O camarote interior é, como o nome indica, interior, não tem janelas. São os mais económicos, e para quem passa muito tempo fora do camarote, são os ideais. Camarote exterior têm uma janela, normalmente pequena, noutros casos maior, noutras até pode ter a vista obstruída (por exemplo, por um bote salva-vidas). O camarote com varanda é isso mesmo, têm varanda e são óptimos, mas mais caros. As suites são camarotes com varanda, mas maiores, podem até ter uma sala, vários quartos, etc.

22. Saiba como personalizar a sua experiência

Em muitos navios, o serviço de quartos durante o dia está incluído, como já mencionámos. Aqui estão algumas coisas que achamos que deverá considerar pedir ao funcionário do seu quarto: toalhas extras, se necessário, sabão adicional, mais chá ou café. Necessita de uma massagem? Precisa de uma babysitter? Sente-se enjoado ou desconfortável se quer mudar de camarote? Não importa quais são as suas necessidades, a tripulação e outros membros do staff estão lá para ajudar, basta pedir qualquer coisa enquanto estiver a bordo.

23. Todos os camarotes têm um cofre

Gostaríamos de poder confiar em absolutamente todos num navio de cruzeiro, mas, infelizmente, às vezes, coisas desaparecem. Guardar os seus bens de valor no cofre do camarote irá protegê-los contra o roubo. No final do cruzeiro não se esqueça de retirar os seus bens e deixar o cofre aberto.

24. Preocupado em ficar enjoado? Escolha um camarote adequado

O movimento de balanço é sentido principalmente na frente do navio e nos decks mais altos. Pode evitar o enjoo deve reservar um camarote no meio do navio (procure pela palavra ‘midship’) e num andar inferior. São os locais mais estáveis onde se nota menos a ondulação, isto caso o mar esteja mais agitado, pois caso contrário, não acreditamos que vá sentir enjoos.

25. Os navios de cruzeiro têm farmácia e centro médico… e até morgue

Sim, quase todos os navios têm uma pequena farmácia onde disponibilizam os medicamentos mais comuns como analgésicos, antibióticos, e podem tratar as doenças mais comuns. Além disso têm médico e uma equipa de enfermagem, sempre pronta para ajudar os passageiros com alguma questão de saúde. Podem tratar diversas condições como ataques do coração, enjoos, gastroenterites, infecções, etc, sendo que alguns navios têm pequenas salas de cirurgia e até… morgues. Não deve esquecer nunca duas coisas simples: levar os seus medicamentos habituais e ter um seguro de saúde para a sua viagem. Recolha todas as despesas, já que a conta de serviços médicos no navio pode ser muito grande. Consulte aqui o nosso guia de saúde a bordo.

Centro Médico

26. A varanda do seu camarote é menos segura do que o camarote

Embora a varanda privada faça parte do seu camarote, não é tão segura quanto o seu quarto. Não deixe objectos de valor na sua varanda – descobrimos que uma grande parte dos itens roubados em navios de cruzeiro desaparecem nas varandas. Além disso, as varandas podem ficar um pouco ventosas e se deixar um par de óculos de sol, um livro ou uma toalha de lado, poderá ser levada pelo vento. Não é boa ideia usufruir da sua varanda nu, pois pode ser visto por outros passageiros.

27. Mantenha a porta da varanda do seu camarote fechada quando não estiver lá

Sim, isso mantém os seus pertences a salvo dos ladrões, mas também garante que o vento não entre e deixe tudo desarrumado ou, caso esteja a navegar num clima tropical, a sua cabine fique demasiado quente ou húmida.

28. Faça uso da sua varanda de manhã

Uma das melhores maneiras de começar o dia num navio de cruzeiro é tomar o seu pequeno-almoço na varanda. Aproveite.

29. A TV não serve apenas para ver televisão

Vários serviços são disponibilizados na sua TV, incluindo a sua conta do cruzeiro com os gastos já efectuados. Em navios mais recentes pode até reservar restaurantes, espetáculos, consultar a programação do dia, etc.

30. Consulte sempre o programa do dia (daily program)

Todas as noites terá no seu quarto uma espécie de pequeno jornal com toda a actividade do dia seguinte. Não perca nenhum, já que contém informações tão importantes como a data e hora de chegada ao próximo porto, meteorologia, horários dos espetáculos e de refeição, excursões, entre muitas outras informações úteis. Deverá estar escrito na sua língua preferencial e é um guia essencial para uma superior experiência de cruzeiro.

31. Seja simpático com a tripulação

Deverá deixá-los sozinhos a fazer o seu trabalho? O nosso conselho é que deverá sempre ser amigável com a tripulação. Conheça-os e converse com eles – seja gentil com eles. Os funcionários dos navios de cruzeiro são escolhidos pelas suas excelentes características pessoais, e a maioria deles adora o trabalho que faz, pois permite-lhes conhecer novas pessoas. Não tenha medo de abordá-los com perguntas ou dúvidas que possa ter, estão sempre prontos a ajudar.

A tripulação fará tudo para ter um cruzeiro memorável | Cirque du Soleil, MSC Meraviglia

32. Não tenha medo de mudar as suas opções de jantar

Já pediu um prato num restaurante, provou e percebeu que não gostava, mas seguiu em frente, por não querer incomodar o chef ou pagar mais por um prato diferente? Num navio de cruzeiro, é totalmente aceitável devolver um prato que não gosta e pedir por um novo – não tenha vergonha de fazer isso! Também pode pedir várias entradas ou vários pratos principais, se estiver com fome – não há limite, mesmo que o cardápio à sua frente pareça um “menu fixo” de um restaurante.

33. Deixe o chef ou o staff saber o que gosta de comer

Ao conhecerem as suas preferências, ficarão encantados em prepará-los para si. Esteja ciente de que eles podem não ser capazes de fazê-lo imediatamente, mas geralmente eles tentarão disponibilizar a sua refeição favorita no dia seguinte.

34. O cruzeiro coincide com uma data especial? Informe a tripulação

Muitos passageiros marcam o cruzeiro para coincidir com uma data especial, como aniversário de casamento, ou outra ocasião especial. É necessário que a tripulação saiba, pois os funcionários das lojas do navio gostam de oferecer presentes na data comemorativa, como uma música só para si, uma decoração especial na sua cabine ou um delicioso bolo de aniversário.

35. Todas as alergias e necessidades dietéticas serão tidas em conta

Se é um vegetariano, ou se é intolerante ao gluten, basta avisar a tripulação. Poderá avisar antes de viajar ou mencionar a qualquer momento, quando o cruzeiro tiver iniciado.

36. Mime-se com uma refeição na sala de jantar principal

O navio de cruzeiro irá fornecer-lhe um buffet ao pequeno-almoço, almoço e (muitas vezes) jantar, mas também haverá uma sala de jantar principal, onde pode desfrutar de uma refeição mais chique com serviço de mesa. Muitos convidados visitam a sala de jantar para a sua refeição da noite, mas aconselhamos a que tome lá o seu pequeno-almoço, de vez em quando. Não são muitas as pessoas que fazem isso, e esta pode ser a melhor hora para evitar a multidão e desfrutar de uma deliciosa refeição.

Sala da Jantar principal de um navio da Royal Caribbean

37. Quer serviço de quarto 24 horas? Pode ser uma opção!

Como já mencionámos, a maioria dos navios oferece serviço de quarto durante todo o dia, e muitas vezes esse serviço é gratuito. Hoje em dia, muitas companhias cobram uma taxa extra pelo serviço de quarto durante a noite.

38. Ficar sem roupa? Informe-se acerca dos serviços de lavandaria

Todos os cruzeiros oferecem serviços de lavandaria, mas alguns fornecem gratuitamente. Verifique se o seu navio de cruzeiro oferece serviço grátis antes de viajar, pois isso pode ser muito útil. No seu camarote deverá constar também uma folha com informações (e preços) sobre o serviço de lavandaria. Consulte-a em caso de necessidade fale com o seu camareiro.

39. Haverá eventos especiais a bordo para manter os mais pequenos entretidos

Os cruzeiros organizam eventos como festas de pijama e noites de cinema para crianças de forma a manter os membros mais jovens da sua família entretidos. É possível agendar alguns destes eventos para as crianças, para que todos na família possam aproveitar um pouco de tempo para si mesmos – e seus filhos podem fazer novas amigos! Outra opção é ter um membro qualificado da tripulação para cuidar dos seus filhos, enquanto vai ao bar ou a um espetáculo, mas deverá custar um extra.

40. Claustrofobia? Nem pensar…

Muitos dos navios de hoje são autênticas cidades flutuantes, com amplos lobbies, decks espaçosos e áreas distintas destinadas a variar o seu dia-a-dia. Os navios da classe Oasis, da Royal Caribbean, apresentam sete bairros, com muitos decks e uma promenade com lojas, bares, e até um grande carrossel ao ar-livre.

Os navios modernos têm muitos espaços ao ar-livre | MSC Seaside

41. Procura romance a bordo?

A atmosfera de um navio de cruzeiro pode definitivamente ser propícia ao romance, e muitos relacionamentos amorosos e duradouros começaram entre os hóspedes que se conheceram em cruzeiros. Relacionar-se com um membro da tripulação é definitivamente proibido, pois essa pessoa pode perder o emprego, dependendo das políticas da companhia.

42. Queimaduras solares podem acontecer quando menos espera

Muitos cruzeiros realizam-se sob um sol quente, mas a brisa do mar pode fazer o dia parecer agradável e fresco, disfarçando a força do sol. Muitos passageiros apanham escaldões após algumas horas na varanda aproveitando o vento fresco. O nosso conselho é aplicar protector solar no início de cada dia e reaplicá-lo regularmente ao longo do dia. Não se esqueça, apesar da brisa do mar parecer refrescante, os raios de sol continuam a incidir sobre a sua pele!

43. Encontre o seu lugar calmo

Os navios de cruzeiro podem ser lugares barulhentos, e todos precisamos de um tempo de folga, onde podemos ouvir música, meditar ou ler sem sermos incomodados. Quando embarcar no navio, não se esqueça de encontrar um local tranquilo onde saiba que pode encontrar um pouco de paz e tranquilidade. Pode ser a sua varanda, ou um pequeno e aconchegante café. Existe sempre um espaço perfeito para relaxar.

​​44. Leve um casaco

Mesmo nos trópicos, as noites podem ser frias. Um casaco quente é um item essencial para a colocar na sua bagagem. Além disso alguns navios regulam o ar condicionado para um ambiente mais fresco.

45. Ainda é permitido fumar em alguns navios

Alguns navios de cruzeiro estão isentos da proibição de fumar. Em muitos cruzeiros poderá fumar numa área especifica, como no casino. Tenha em atenção que essas áreas são cada vez mais restritas. Nunca fume na sua varanda, além de ser proibido em quase todos os navios, pode constituir um perigo à segurança do próprio navio.

46. Existem casinos a bordo

Muitos cruzeiros têm a bordo casinos e também poderá participar numa variedade de jogos e brincadeiras durante toda viagem para obter óptimos prémios, como um tratamento de spa gratuito, uma refeição gourmet gratuita no restaurante de especialidade ou uma excursão em terra.

Casino Imperiale | MSC Seaside

47. Os cruzeiros existem durante todo o ano (mais ou menos)

Apesar de haver cruzeiros na Europa todo o ano, por norma, existe a temporada alta (na Primavera/Verão) e a temporada baixa (Outono/Inverno). Durante o verão a Europa enche-se de navios de cruzeiro e quando chega o Outono eles deslocam-se para climas mais quentes, como as Caraíbas e a América do Sul.

48. Transatlânticos são óptimas oportunidades

Transatlânticos são cruzeiros que se fazem enquanto os navios se deslocam de um lado para o outro. No final de uma temporada os navios deslocam-se para outro local (p.ex. da Europa para a América do Sul) e estes itinerários são mais longos mas consideravelmente mais baratos. Estes transatlânticos costumam realizar-se em Outubro/Novembro no sentido Europa>América do Sul (ou Caraíbas) e em Março/Abril no sentido inverso.

49. Evite fazer cruzeiros na época de férias escolares

Se quiser sossego (e não levar crianças) opte por um cruzeiro fora das férias escolares. Além de, por norma, serem mais baratos, estarão menos crianças a bordo e (em princípio) será mais calmo. Se vai fazer um cruzeiro com crianças também faz muito bem porque elas vão adorar todas as actividades que os cruzeiros providenciam aos mais pequenos.

50. Lembre-se que o itinerário não está completamente fechado

Tempestades ou aviso de doença num dos portos, podem mudar um pouco o itinerário de um cruzeiro. Prepare-se para a possibilidade do navio possa ter de seguir por uma rota distinta da planeada. Outra possibilidade é o navio não poder atracar em certos portos, tendo em conta as condições do mar, e desviar, ou ficar ao largo. Em todos os casos a companhia oferece, de alguma forma, uma compensação.

51. O navio nem sempre atraca no porto de escala

Nos portos regulares, o navio parará ao lado da costa, e as pessoas descerão as escadas ou a rampa para terra firme. Mas há portos – chamados de “tender port”, onde isso não será possível. Trata-se geralmente de portos onde a água é demasiado rasa, ou o porto demasiado pequeno para o navio. Assim, em vez disso, o navio de cruzeiro ficará a alguma distância do porto, sendo que um navio menor (tender boat) levará os passageiros para a costa – ou então fará o transporte de passageiros usando os seus próprios botes salva-vidas.

52. Nem todos os portos onde o navio atraca são idílicos

Os cruzeiros partem sempre de um porto bonito, ideal para turistas. No entanto, nem todas as escalas poderão ser realizadas em locais bonitos. Prepare-se para atracar várias vezes em portos de navios com contentores, que podem ser bastante barulhentos, não oferecer as vistas mais fantásticas, ou até distanciados dos principais locais de interesse.

53. Não chegue atrasado para embarcar novamente no navio

Quando está numa excursão em terra, pode ser muito fácil não ter a noção do tempo. A tripulação do navio será muito rigorosa em garantir que todos estejam a bordo antes de partir, mas não se atrase para embarcar novamente no navio, pois é necessário planear a rota de acordo com as marés e padrões climáticos. Os navios esperam sempre pelas pessoas atrasadas por um curto período de tempo, mas partirão caso o atraso seja longo. Não facilite em nenhuma circunstância.

MSC Magnifica

54. Uma óptima maneira de vencer as filas e evitar as multidões é ficar a bordo

Quando o seu navio atraca num novo porto, geralmente há uma corrida animada por parte dos passageiros que se preparam para as suas excursões. Mas por que não ficar a bordo do navio enquanto todos os outros o deixam? A tripulação garantirá sempre que os spas, restaurantes e outros tipos de entretenimento estejam a funcionar mesmo quando o navio estiver no porto. E terá a deliciosa sensação de ter este cruzeiro gigante praticamente só para si. É fantástico.

55. Não deixe de ver um dos espetáculos a bordo

Os navios de cruzeiro orgulham-se da qualidade dos espetáculos que apresentam, sendo que esses espetáculos podem atrair artistas de todo o mundo. Além disso, os espetáculos estão incluídos no preço do seu bilhete, por isso não há desculpa para perdê-los. Descubra quando são, e certifique-se de não programar mais nada para essa hora para que possa assistir a um evento único que é um espetáculo a bordo de um navio de cruzeiro. Espectáculos de dança, musicais ou orquestras de câmara são uma atracção popular nos navios de cruzeiro, e há sempre muitas opções para famílias com crianças. Espectáculos de circo, acrobáticos, musicais e comediantes vindos da Broadway e da TV, as companhias de cruzeiro oferecem opções de entretenimento de elevada qualidade todas as noites. Os navios mais pequenos fazem shows mais sofisticados e íntimos.

56. É difícil ficar entediado a bordo

Da proa à popa, os cruzeiros estão cheios de diversão. Na nova era dos cruzeiros, o dia começa com aulas de ginástica, seguido de horas de programação contínua, que incluem jogos, artes, artesanato, palestras, passeios pelos bastidores e muito mais. Atracções como uma pista de kart, parede de escalada ou skydiving “indoor” proporcionam alguns dos momentos mais emocionantes.

57. Faça novos amigos

O tempo que passa a bordo de um navio de cruzeiro é muito especial, e pode fazer alguns dos melhores amigos que já teve, enquanto viaja desta maneira única. Pode conhecer pessoas no bingo, num espetáculo, no bar ou restaurante. Além disso, se optar pelo jantar tradicional, deverá ter uma mesa fixa todas as noites, com os mesmos passageiros dessa mesa. Muitos dos novos amigos que faz a bordo serão amigos para o resto da vida.

58. Se causar problemas no navio, corre o risco de ser expulso

Se estiver bêbado, causar distúrbios, for apanhado a roubar ou causar problemas enquanto estiver a bordo do navio, corre o risco de ser expulso do cruzeiro no porto seguinte. Sairá do navio e precisará de apanhar um voo, comboio ou barco alternativo para voltar para casa, o que pode ser muito inconveniente. Portanto, coma e divirta-se, mas nunca seja agressivo ou rude com a tripulação ou outros convidados, e não cometa nenhum crime enquanto estiver a bordo do navio.

59. Tenha atenção à hora do navio

Os navios têm um fuso próprio, que normalmente coincide com o fuso do horário do país onde está. Enquanto se desloca é normal mudar a hora, enquanto muda o fuso horário, portanto é muito importante ter em atenção a hora do navio, principalmente no que concerne as excursões, horários de saída e de entrada no navio. Verifique sempre a hora do navio antes de sair e acerte o seu relógio para a mesma hora. Por norma estas mudanças também são explicadas no boletim diário (daily program).

60. Seja perspicaz sobre o que guarda na sua bagagem de mão… no dia do desembarque

Eis uma última coisa que os viajantes nem sempre sabem: as companhias de cruzeiro pedem para os passageiros entregarem a maior parte da bagagem na noite anterior à conclusão da viagem, para que possam carregar todas as malas para as respectivas áreas e que o navio faça um desembarque eficiente. Como resultado, no dia do desembarque, os hóspedes muitas vezes saem apenas com a bagagem de mão nas mãos – a restante bagagem será entregue no terminal de cruzeiros. Pense no que precisa para a noite anterior ao desembarque e na manhã seguinte, como passaportes, remédios, cosméticos essenciais e outros itens que necessita ter sempre à mão. Se vir que consegue carregar toda a sua bagagem por sua conta, pode evitar este procedimento e sair nos horários designados com as suas malas.

Bagagens no corredor no último dia do cruzeiro | Serenade of the Seas

61. Confira sempre a conta final

Na última noite do cruzeiro deverá ter no seu camarote uma lista de todas as suas despesas associadas ao seu cartão. Isto pode incluir bebidas, compras, restaurantes, etc, tudo o que adquiriu durante o seu cruzeiro com o cruise card. Confira todos os itens para confirmar que está tudo correcto. Se tiver dúvidas guarde os talões das suas compras a bordo e faça a comparação. Se tudo estiver em conformidade a conta será debitada através do método que escolheu no check-in, p.ex. no seu cartão de crédito, é o método mais comum. Caso contrário deverá dirigir-se à recepção e solicitar a sua correção.

62. Divirta-se

Lembre-se que no fundo está num cruzeiro para se divertir e passar um bom momento com amigos ou família (ou até sozinho). Aprenda a relativizar os aspectos menos bons e valorize os pontos positivos.

Agora está pronto para fazer e aproveitar ao máximo o seu primeiro cruzeiro.

Este guia forneceu-lhe uma lista completa de todas as coisas que precisa saber antes da primeira vez num navio de cruzeiro.

Desejamos que faça uma viagem fantástica!

 

Booking.com
Tags

Add Comment

Click here to post a comment

Nuno Ribeiro

Olá, o meu nome é Nuno Ribeiro e sou fundador do Blog dos Cruzeiros, um blog sobre o mundo dos grandes cruzeiros, onde pode encontrar notícias, opiniões, sugestões, guias, companhias, navios e muito mais.

Sempre que subo a bordo de um navio descrevo toda a experiência aqui para que possa ajudar quem pretende fazer um cruzeiro. Boas leituras!