fbpx
Notícias

Cruzeiros em Lisboa com impacto de 92 milhões de euros

MSC Divina e P&O Ventura em Lisboa - Foto André Nobre

 

Em 2014, cada passageiro de cruzeiro gastou em Lisboa, em média, cerca de 183 euros, um valor que duplica em relação a 2013 (97 euros). No total, considerando que o Porto de Lisboa recebeu 500 872 passageiros de cruzeiro ao longo de 2014, são quase 92 milhões de euros de impacto económico gerados pela indústria dos cruzeiros. Estes são alguns dos dados divulgados hoje no âmbito do Cruise Day Lisbon e que fazem parte do estudo realizado pelo Observatório do Turismo de Lisboa em conjunto com a APL.

Para além destes valores, que sustentam a relevância do setor dos cruzeiros no tecido económico nacional e regional, importa reforçar que estes números não contabilizam o emprego direto e indireto gerado, nem as prestações de serviço associadas ao negócio, como sejam os gastos dos passageiros em excursões, hotel pré e pós cruzeiro e passagem aérea no caso dos passageiros embarcados/ desembarcados.

Da mesma forma, o estudo revela também outras informações nomeadamente sobre o perfil do passageiro de cruzeiros com escala no Porto de Lisboa:

  • 51% são do sexo masculino e 49% do sexo feminino;
  • 47,3 é a idade média global (que desce face a 2013: 49,9);
  • 51% têm formação universitária;
  • 86,8% estava a fazer o seu primeiro cruzeiro.

O entretenimento e convívio são as principais motivações para a realização do cruzeiro, sendo que a possibilidade de visitar Lisboa e o conjunto de cidades a visitar pelo cruzeiro são, respetivamente, os dois fatores com maior influência na escolha. Neste contexto, Lisboa reforça a sua posição nos circuitos turísticos de cruzeiros e assume-se como um destino de excelência: numa escala de 1 a 5, o fator que maior importância exerceu na escolha do cruzeiro foi a possibilidade de visitar Lisboa, que surgiu em quinto lugar em 2013.

Leia também  2023 foi um ano de recordes da atividade de cruzeiros no Porto de Lisboa

Das conclusões obtidas no inquérito, destacam-se assim as seguintes:

  • em média, um passageiro de cruzeiro efetua uma despesa individual diária na cidade na ordem dos €183,49€. Este valor inclui gastos em alimentação, compras diversas, alojamento, deslocações na cidade e visitas a monumentos/ museus e outras atrações;
  • 83,1% dos passageiros entrevistados afirma que Lisboa excedeu as suas expetativas (face aos 56,1% em 2013);
  • 98,4% e 99,7% dos entrevistados recomendam Lisboa como destino de cruzeiros e como destino turístico, respetivamente;
  • 95,7% dos entrevistados consideram provável ou muito provável regressarem a Lisboa, face aos 94,1% em 2013;
  • 58,5% dos entrevistados que recomendam Lisboa como destino turístico, colocam Lisboa no Top 5 de destinos a visitar, face aos 41,3% em 2013;
  • Numa escala de 1 a 10, o grau de satisfação médio com a visita a Lisboa é de 9,63%, o que representa uma subida significativa face ao 7,7% em 2013. A gastronomia e vinhos, bem como o serviço nos restaurantes e de acolhimento no porto, são os elementos mais bem classificados numa apreciação específica; A segurança no embarque/desembarque, e a qualidade da oferta cultural e comercial surgem logo de seguida.

Importa referir que este fim-de-semana, no âmbito do Cruise Day Lisbon, o Porto de Lisboa recebeu seis navios de cruzeiro, com cerca de 12 mil passageiros.

Share this

Novo Cruzeiro de Grupo: Ilhas Gregas a bordo do Celebrity Infinity!