Artigos

Cruzeiros: 10 Destinos de Exceção – Ilhas Gregas (Parte 2)

Santorini

A Grécia é um destino feito por medida para efectuar um cruzeiro: com vistas panorâmicas, o mar geralmente calmo, uma riqueza de locais históricos antigos e medievais, uma vasta cultura local, excelente comida e ilhas óptimas para passeios pedestres. Os portos de embarque e de desembarque mais utilizados – Atenas e Istambul (Turquia) – são também duas das cidades com mais história do mundo.

Ilhas Gregas

Atenas, o berço da civilização ocidental, é hoje o lar de 700 mil gregos. Uma série de passeios arborizados que ligam os seus mais importantes monumentos antigos, incluindo a Acrópole, a antiga Ágora e o Arco de Adriano. Istambul, a maior e mais movimentada cidade da Turquia, é um lugar de mesquitas e minaretes, tesouros de sultões, bazares recheados e marcos cristãos.

Nas Ilhas Gregas, por outro lado, é tudo calmo e com tempo. Santorini, situada a 230 quilómetros a sudeste de Atenas, é uma das ilhas mais espectaculares do mundo. Lá pode encontrar casas caiadas de branco, as igrejas de cúpula azul, praias de seixos pretos, boas vinhas e ruínas antigas. Fira, a capital, é a imagem perfeita para um postal, com as suas ruas repletas de lojas, cafés e galerias de arte. No topo de Mesa Vouna, do outro lado da ilha, a antiga Thira tem uma vista extraordinária e muitas ruínas Helénica, Romanas e Bizantinas.

A Norte de Santorini, Mykonos tem sido muito interessante para as celebridades, conhecida tanto pelo seu estilo de vida repleto de festas como pelas suas praias. A cidade portuária, Hora, oferece ruas labirínticas recheadas por galerias e lojas.

A apenas 11 milhas ao sul da costa da Turquia, Rhodes é rica em história e repleta de praias, aldeias montanhosas e planícies. Os cavaleiros das Cruzadas de São João chegaram lá em 1291 depois de fugirem de Jerusalém e reinaram por mais de dois séculos. Na cidade de Rhodes, a calçada de pedra da Rua dos Cavaleiros transportá-lo-á de volta à Idade Média, época em que um edifício de pedra servia como pousada para os cavaleiros. Tanto o Hospital dos Cavaleiros, datado do século 15, como o Palácio do Grão-Mestre possuem maravilhosas coleções arqueológicas.

Leia também  12 Suítes Deslumbrantes e Luxuosas em Navios de Cruzeiro (exclusivas e muito, muito caras)

Além das ilhas gregas, os cruzeiros também costumam visitar dois portos turcos: Kusadasi, que dá acesso às ruínas de Éfeso, com 12.000 anos e Bodrum, uma cidade encantadora que é também o local onde estão as ruínas do Mausoléu de Halicarnasso, uma das Sete Maravilhas do Mundo Antigo.

A melhor época para fazer um cruzeiro: Os navios visitam as Ilhas Gregas de Abril a Outubro, sendo os meses de Julho e Agosto os mais movimentados. Setembro e Outubro são uma opção fantástica, mais calma mas, ainda assim, vibrante.

Companhias de Cruzeiro: Esta é uma região para o romance, logo vai quer viajar num navio romântico, como os maravilhosos navios Windstar de vela e motor ou navios mais modernos como os Star Clippers. Para um cruzeiro mais luxuoso, tente a Seabourn ou a SeaDream Yacht Club. Para navios de médio porte ou navios premium, deve utilizar a Oceania Cruises e a Azamara Club.

Este artigo faz parte de uma série dos quais já foram publicados:

Add Comment

Click here to post a comment

Deixar uma resposta

Nuno Ribeiro

Olá, o meu nome é Nuno Ribeiro e sou fundador do Blog dos Cruzeiros, um blog sobre o mundo dos grandes cruzeiros, onde pode encontrar notícias, opiniões, sugestões, guias, companhias, navios e muito mais.

Sempre que subo a bordo de um navio descrevo toda a experiência aqui para que possa ajudar quem pretende fazer um cruzeiro. Boas leituras!