fbpx
Costa Cruzeiros

Costa Cruzeiros vai oferecer um tour aos principais locais da Máfia em Palermo

Costa Smeralda
Todas as quintas-feiras, durante a escala do Costa Smeralda em Palermo, os passageiros do navio poderão descobrir o centro histórico de Palermo com um passeio a pé pelos locais de resistência cívica anti máfia e de luta contra o crime organizado.

A Costa Cruzeiros lançou uma nova iniciativa com o objetivo de promover o turismo ético e responsável e navega até Palermo para apoiar o movimento anti máfia “Addiopizzo”.

Agora, os passageiros italianos e internacionais que chegam todas as quintas-feiras a Palermo a bordo do Costa Smeralda poderão explorar a cidade de uma forma única participando num passeio a pé pelo centro histórico de Palermo para descobrir os simbólicos locais de resistência cívica contra a máfia e de luta contra o crime organizado. O passeio designado “Palermo No Mafia Tour“, é organizado pela Addiopizzo Travel, uma cooperativa social e operadora turística criada pelo movimento Addiopizzo, que oferece turismo ético para dizer não à Máfia.

Em linha com os princípios do seu “Manifesto para um turismo baseado em valores, sustentável e inclusivo”, a Costa Cruzeiros escolheu uma experiência terrestre, ética e responsável, disponível para os seus passageiros em Palermo. O passeio a pé, de 3 horas, será uma experiência reveladora para descobrir um lado diferente de Palermo, uma cidade que se impõe contra a Máfia. Guiados por moradores locais, os visitantes podem aprofundar os seus conhecimentos sobre a célebre máfia siciliana e conhecer o movimento anti máfia, além de outros tópicos e mitos do famoso “Padrinho”.

O percurso de “Palermo No Mafia Tour” serpenteia pelas ruas do centro histórico, para mostrar uma nova imagem da cidade. Depois de recebidos no porto, os passageiros iniciam o passeio a partir do Teatro Massimo, local que para muitos está ligado às imagens do filme “O Padrinho”. Em seguida, os convidados chegarão a pé ao Muro da Legalidade, um mural com mais de 60 metros de altura no qual estão representados os rostos daqueles que caíram na luta contra a Máfia, como Paolo Borsellino, Giovanni Falcone, Peppino Impastato, mas também personalidades da literatura e da cultura siciliana, como Andrea Cammilleri, Leonardo Sciascia e Letizia Battaglia, que sempre estiveram na linha da frente na luta pela legalidade.

Em seguida, o passeio continua em direção à Piazza Beati Paoli, para focar a ligação lendária, mas infundada, entre a seita do romance “I Beati Paoli” de Luigi Natoli e “Cosa Nostra“, passando pelo famoso e pitoresco Mercato del Capo. A próxima paragem deste itinerário é a Piazza della Memoria, com o monumento dedicado aos magistrados mortos pela Máfia nas traseiras do Tribunal, seguindo-se a Catedral, onde é abordada a questão das relações entre a Máfia e a Igreja e o compromisso anti máfia dos mártires, como é exemplo, o padre Don Pino Puglisi. O tour termina na Câmara Municipal, durante muitos anos símbolo da união entre a máfia e a política, mas que também viveu a época da “Primavera de Palermo“.

Leia também  Costa Cruzeiros premeia agências portuguesas a bordo do Costa Toscana

O tour inclui ainda a paragem numa das empresas que exibem o logotipo da campanha “Pago chi non paga”: são empresas que disseram não ao suborno, declarando publicamente que não querem mais pagar pela sua proteção. Desta forma, os passageiros do Costa Smeralda poderão não só contribuir para a mudança, apoiando um circuito económico ético e livre de “pizzo” (pagamento de proteção), mas também conhecer a rede de comerciantes Addiopizzo e as suas histórias.

A Comissão Addiopizzo é um movimento anti máfia fundado em 2004 por um grupo de jovens em torno do lema: “uma cidade inteira que paga “pizzo” é uma cidade sem dignidade”. Opera de baixo para cima através da estratégia de “consumo crítico”, envolvendo cidadãos e turistas para que apoiem nas suas compras os comerciantes que não cederam às exigências extorsionárias e que se manifestaram abertamente contra o assédio da máfia, além de oferecer assistência gratuita às vítimas de extorsão e usura.

O Costa Smeralda é um navio de última geração, pioneiro na utilização da propulsão a gás natural liquefeito, a tecnologia mais avançada atualmente disponível na indústria marítima para reduzir as emissões. Até 14 de março de 2024, o Costa Smeralda fará escala em Palermo todas as quintas-feiras no âmbito de um itinerário de uma semana no Mediterrâneo Ocidental que inclui Civitavecchia, Savona, Marselha, Barcelona e Palma de Maiorca. A partir de 23 de março de 2024 e até ao final do ano, será substituído pelo Costa Toscana, navio irmão do Costa Smeralda, que fará escala em Palermo todas as semanas.

Share this

Novo Cruzeiro de Grupo: Ilhas Gregas a bordo do Celebrity Infinity!