fbpx
Celebrity Cruises

Comandante do Celebrity Beyond, Kate McCue, explica as razões porque se cancela um porto (num video educacional)

Kate McCue
Kate McCue, a conhecida comandante do incrível Celebrity Beyond, é uma das mais acessíveis e populares da indústria dos cruzeiros e partilha o seu dia-a-dia com os seus milhões de seguidores nas redes sociais. No entanto, a forma como resolveu explicar o cancelamento de um porto de escala, em Antigua, elevou o nível para uma aula sobre navegação segura.

Kate McCue, a conhecida comandante do incrível Celebrity Beyond, é uma das mais acessíveis e populares da indústria dos cruzeiros e partilha o seu dia-a-dia com os seus milhões de seguidores nas redes sociais. No entanto, a forma como resolveu explicar o cancelamento de um porto de escala, em Antigua, elevou o nível para uma aula sobre navegação segura.

Não é incomum um comandante de um navio de cruzeiro ser forçado a cancelar um determinado porto. A informação divulgada sobre esse cancelamento é, em muitas situações, insuficiente, o que leva a alguma incompreensão por parte dos passageiros.

Quem segue Kate McCue no TikTok, Instagram ou YouTube, sabe que não é estranha em publicar sobre a vida a bordo. Recentemente começou a fazer uma nova série, “Captain’s Daily Log“, onde explica onde está o navio, o que está a acontecer nos destinos e como tudo funciona a bordo do Celebrity Beyond.

No entanto, talvez o episódio mais interessante do seu Diário de Bordo tenha ocorrido no passado dia 25 de Janeiro, quando Kate explicou que decisões foram tomadas por ela própria, pela equipa da ponte de comando e pelo piloto local, quando o Celebrity Beyond não pôde visitar Antigua devido às adversas condições meteorológicas.

Kate McCue, comandante do Celebrity Beyond

O Celebrity Beyond tinha partido de Fort Lauderdale, para um cruzeiro de 10 noites pelas Caraíbas, onde visitou, pela primeira vez, St. Maarten, seguido por Santa Lúcia, Barbados, e deveria visitar Antigua, a 25 de Janeiro, explica no vídeo publicado no TikTok e no YouTube.

A comandante Kate McCue explicou que “hoje deveríamos estar em Antígua. A previsão do tempo indicava ventos de nordeste de 25 a 30 nós, mas quando nos aproximamos, foram mais de 35 a 40, com rajadas de 45 nós, ou seja, cerca de 83 km/h. Atracar um navio num porto é uma coisa, navegá-lo por um canal estreito é outra“, alertou.

A abordagem a Antigua é notoriamente complicada e envolve uma manobra de inversão ao chegar ao porto, precedida pela passagem por um canal estreito.

Em circunstâncias normais, recebemos o piloto a bordo, atravessamos o canal a cerca de 8 nós (14 km/h), diminuindo a velocidade para a inversão para depois acostar no cais. No entanto, quando há vento, a proa do navio é afetada em diferentes velocidades. Chamamos a isso de ângulo de caranguejo“, continuou McCue.

Leia também  "Nothing Comes Close" revela a nova identidade da Celebrity Cruises (veja o video)

O ângulo de caranguejo, em termos simples, é quando o navio tenta seguir em frente (no seu rumo), mas o vento empurra-o para o lado. Como resultado, o navio move-se ao longo de uma linha que forma um ângulo com a direção para a qual está a apontar. Esta linha angular é o curso real sobre o solo, e o ângulo entre essa linha e o rumo do navio é o ângulo de caranguejo.

Veja o vídeo (em inglês):

No contexto do processo de tomada de decisão da comandante Kate McCue, compreender e gerir o ângulo de caranguejo foi crucial. Os ventos fortes podem criar um ângulo de caranguejo significativo, tornando difícil navegar em canais estreitos e atracar em segurança. Se o ângulo de caranguejo for muito grande, poderá causar dificuldades de navegação, colocando potencialmente o navio, os seus passageiros e a tripulação, em risco.

À medida que o navio se aproximava do canal, os ventos aumentaram ainda mais, o que levou a comandante e o piloto local a determinarem que não seria seguro atracar o navio em Antígua.

McCue continuou: “Ninguém quer cancelar um porto e não gostamos de dececionar ninguém, mas quando se trata da segurança dos nossos passageiros, tripulação e do próprio navio, não há outra opção. Então, hoje, foi um dia relaxante no mar.

A popularidade de Kate McCue é algo que muitos atribuem à sua presença nas redes sociais, ou mesmo ao facto de ser mulher. No entanto, são decisões como estas, onde a segurança é uma preocupação primordial, e como consegue explicar o processo de tomada de decisão aos convidados, que a tornaram uma das melhores e mais populares comandantes do mundo.

Share this

Novo Cruzeiro de Grupo: Ilhas Gregas a bordo do Celebrity Infinity!