Notícias

Aspetos a ter em conta na seleção de um navio para cruzeiro

Foto de Tomas Fano > CC BY-SA 2.0

Com tantas alternativas disponíveis, escolher um navio de cruzeiro para uma viagem de curta ou longa distância pode ser uma tarefa complicada. Principalmente quem está a planear uma viagem marítima pela primeira vez, deve ter em consideração os detalhes certos na hora de escolher o navio.

A primeira dica essencial é saber exatamente o que cada pessoa procura num cruzeiro, pois existem destinos mais ou menos indicados para cada estilo de viajante. Os aventureiros preferem lugares como a Antártica, as Galápagos, o Ártico ou outros destinos de longa distância. Já os que viajam em lua de mel, normalmente preferem o Norte da Europa ou até mesmo as famosas ilhas das Caraíbas. Portanto, acertar no destino já significa começar a viagem com o pé direito.

As opções de entretenimento a bordo também são importantes e podem determinar o vestuário que deverá incluir na mala. Há cruzeiros com festas formais e outros nem tanto, pelo que também deverá ter em conta esse detalhe com antecedência para saber quais serão os trajes usados durante o cruzeiro.

Assim como escolher o destino ideal, é fundamental conhecer os diferentes tamanhos dos navios. De acordo com o site Logitravel, existem quatro tamanhos diferentes. O íntimo é para passageiros que gostam de uma viagem mais tranquila e geralmente pode transportar até 250 pessoas. O pequeno pode variar entre 250 a 500 pessoas e inclui atividades para mais gente. Já os navios considerados médios comportam até 1000 pessoas e contam com grande variedade de entretenimento. Por último, o mega-cruzeiro é a escolha certa para aqueles que gostam de contar com várias possibilidades de diversão, espetáculos e até mesmo uma pista de patinagem.

A estação do ano é outro aspeto relevante a ter em conta. Há muitos cruzeiros que contam com atividades exteriores, como piscina e um espaço para praticar desportos como futebol, voleibol e até mesmo pequenos campos de golfe. No entanto, durante o outono e inverno, essas vantagens não são muito aproveitadas. Se o passageiro não quiser realizar nenhuma dessas atividades que se realizam nas instalações externas do cruzeiro, obviamente não precisa de preocupar-se demasiado com o clima.

Outro dos aspetos a ter em conta na seleção de um cruzeiro são os serviços de entretenimento a bordo. Afinal, geralmente os passageiros ficam pelo menos cinco noites nos cruzeiros e é importante contar com muita diversão para os manter entretidos e ocupados enquanto viajam de um porto a outro.

Leia também  Costa Cruzeiros anuncia Museu de Design Italiano a bordo do novo navio Costa Smeralda

Os cruzeiros médios ou mega-cruzeiros, por exemplo, geralmente contam com uma maior variedade de atividades de luxo, como casinos e outras opções de entretenimento. Nestes casinos habitualmente há mesas de póquer, um desporto mental que quase sempre atrai a muitos passageiros. Praticar esta modalidade durante um cruzeiro não é o mesmo que fazê-lo ao vivo num casino ou através da internet, onde há diversos tipos de torneios disponíveis. No entanto, e apesar de não haver tantas opções, nos navios geralmente também é possível praticar Texas Hold’em ou Omaha, duas das variantes mais populares desse desporto mental.

Além disso, nos mega-cruzeiros é habitual contar com a presença de cantores famosos. Celebridades como Carly Simon, Celine Dion, Roberto Carlos, para dar só alguns exemplos, já apresentaram alguns dos seus espetáculos em cruzeiros.

Autor desconhecido. Public Domain

Os passageiros também devem ter em conta a tonelagem do navio, assim como as zonas comuns de que dispõe. Estes fatores são importantes, pois determinam o espaço disponível e o conforto dos passageiros no navio.

Outra dica interessante para quem está a planear a primeira viagem por mar, é começar com um cruzeiro de pequena duração antes de embarcar em viagens superiores a uma semana. Portanto, escolher os mini-cruzeiros de três a quatro noites pode ser uma boa ideia.

Mas nem todos escolhem uma viagem de navio só para relaxar. Há quem trabalhe através da internet e procure novos cenários para trabalhar, inspirar-se e aproveitar as horas livres. Nesse caso, é fundamental ter em consideração o serviço de internet oferecido pelas empresas que realizam as viagens.

Seja para relaxar sozinho, em lua de mel ou com os amigos e seres mais queridos, a experiência de realizar um cruzeiro é recomendável para pessoas de qualquer idade. E certamente tudo vai correr ainda melhor se analisar e planear todos os pormenores com antecedência, evitando assim surpresas desagradáveis durante a viagem.

 

Booking.com

Nuno Ribeiro

Olá, o meu nome é Nuno Ribeiro e sou fundador do Blog dos Cruzeiros, um blog sobre o mundo dos grandes cruzeiros, onde pode encontrar notícias, opiniões, sugestões, guias, companhias, navios e muito mais.

Sempre que subo a bordo de um navio descrevo toda a experiência aqui para que possa ajudar quem pretende fazer um cruzeiro. Boas leituras!

Pub