Princess Cruises

A (infeliz) história do casal britânico no centro da pandemia do Diamond Princess (mas que já tem 5 cruzeiros marcados)

O popular casal britânico que esteve no centro da pandemia em Fevereiro e que fez diversos diretos, enquanto confinados no seu camarote, já tem 5 cruzeiros marcados para os próximos meses.

David e Sally Abel estavam de férias na costa do Japão quando um surto de Covid-19 infetou dezenas de passageiros a bordo do Diamond Princess, causando o bloqueio do navio a 4 de Fevereiro de 2020.

O casal, agora com 75 e 72 anos, foi forçado a ficar no seu camarote durante mais de duas semanas. A doença da Covid-19 acabou também por apanhar David e Sally que tiveram que passar mais três semanas num hospital do Japão.

Mas esta é uma história de paixão e persistência. Apesar do pesadelo inicial, a paixão pelos cruzeiros está mais forte do que nunca e a vacina contra a doença é a sua maior esperança para voltar às viagens oceânicas.

“Temos que planear o futuro“, disse David, na entrevista que ambos deram à ITV britânica. “Já temos cinco cruzeiros reservados. Em abril, deveríamos voar para o Canadá, mas não me parece que vá acontecer… temos cinco reservados entre 2021 e Março de 2022.

Nem David nem Sally foram abordados sobre a vacinação contra o coronavírus, apesar de David ter sofrido um derrame em Setembro do ano passado. “Pensava que estaríamos nos grupos iniciais. Alguns dos nossos amigos já receberam as vacinas“, disse David. “Assim que o vírus estiver sob controlo, esperamos viajar novamente.”

A mulher de David, Sally, admite que “adoramos cruzeiros. Isto não nos desanima em nada. Estamos em contato regular com um dos diretores da companhia de cruzeiros e sabendo de tudo o que foi implementado em termos de saúde e segurança, acho que será um dos lugares mais seguros para viajar.

David e Sally disseram que adoraram a experiência no Diamond Princess, até ao ponto em que o vírus se espalhou pelo navio. “Conhecemos pessoas realmente boas, os passageiros foram realmente bons e as excursões foram fantásticas“, disse à ITV.

O casal começou a fazer vídeos nas redes sociais durante a quarentena, e milhares de fãs acompanharam a sua situação. “Estava sempre a fazer vídeos, basicamente para a família, mas tornaram-se virais e foi fantástico. No YouTube, ganhei algo cerca de 89 mil seguidores e 30 mil no Facebook”, disse David.

Mesmo assim, após duas semanas de isolamento, o casal contraiu o coronavírus e estava tão doente que precisou de intervenção hospitalar. Ambos foram diagnosticados com pneumonia e passaram três semanas no hospital com Covid-19. “Em Março, foi ótimo voltar para casa, para o nosso jardim com os nossos cães. Foi bom quanto poderia ser. Mas agora estamos tão doentes como todo mundo com este confinamento“.

Leia também  Sky Princess reinicia os itinerários desde Southampton (17 meses depois)
Diamond Princess em Yokohama, Japão

Nem tudo foi fácil para o casal. David teve um susto de cancro em Junho, quando notou um “caroço” no ombro. Disseram-lhe que teria de ser operado, mas felizmente “a coisa caiu“. Alguns meses depois sofreu um derrame. “Estava a descansar de tarde e a minha esposa notou que o meu rosto tinha caído do lado esquerdo. Chamou os paramédicos e fui levado para a unidade de derrame em Northampton. Mas recuperei excecionalmente rápido e muito bem“, disse David.

Mas a pandemia não deixou de atingir o casal britânico. “Não vemos a família desde antes do Natal. Vimos dois dos nossos filhos no dia de Natal, mas os outros, temos três filhos adultos com netos, não os vemos desde Agosto ou Setembro“.

Durante a pandemia, David e Sally mantiveram contato com as massas de seguidores online que acompanharam a sua jornada no Diamond Princess. Como diabético, David publica receitas de culinária saudável para ajudar a passar o tempo. “Pessoas comuns têm seguido a nossa história em todo o mundo“, disse. “Temos americanos, Canadá, Austrália, Nova Zelândia, África do Sul. Todos os domingos desde então, temos uma sessão ao vivo de uma hora e meia com aqueles que querem se juntar a nós. Eles partilham as suas histórias da pandemia, e nós partilhamos a nossa. Normalmente temos entre 2.000 e 5.000 pessoas assistindo aos nossos vídeos.”

Estamos a aproveitar ao máximo o nosso tempo”, disse Sally. “Tenho saudades de sair para tomar um café e de ver os amigos.

O casal continua em confinamento em Northampton, no centro da Inglaterra, esperando a sua vez para a vacinação e com os cruzeiros  no seu horizonte.

Um dos videos que o casal gravou na semana anterior ao surto de coronavírus:

 

Add Comment

Click here to post a comment

Leave a Reply