fbpx
Royal Caribbean

88%: É a taxa de ocupação dos navios da Royal Caribbean para 2024 (e nem a meio estamos)

Icon of the Seas
88%: É a taxa de ocupação dos navios da Royal Caribbean para 2024 (e nem a meio estamos)

Depois de apenas 4 meses de vendas, a companhia tem “apenas 12% da taxa de ocupação disponível para o resto do o ano“, disse Jason Liberty, CEO do Grupo Royal Caribbean, que elogiou um ano excecional. “Estamos a chegar ao ponto em que aceitaremos mais reservas para 2025 do que para 2024“, completou.

É importante notar, entretanto, que o “load factor” (taxa de ocupação) de um navio pode, e geralmente ultrapassa, os 100%. Estes 100% da capacidade significa que, cada camarote, tem pelo menos dois passageiros.

Mas como muitos camarotes (especialmente numa companhia de cruzeiros voltada para as famílias) terão três e quatro passageiros, é típico que um navio de cruzeiro navegue com 105% ou mesmo 108% da capacidade durante a temporada alta. O primeiro trimestre da companhia revelou números na ordem dos 107% de taxa de ocupação.

Com mais de 98.000 camas em 28 navios de cruzeiro da frota, a Royal Caribbean tem o maior número de camas da industria de cruzeiros. A palavra “cama” é muito difundida na indústria dos cruzeiros, mas, neste contexto, significa simplesmente o número de camas inferiores em cada camarote.

No entanto, a forte procura na indústria de cruzeiros, não apanhou de surpresa a Royal Caribbean. A empresa tem atualmente mais dois navios da classe Icon e dois da classe Oasis encomendados, ou em construção, com o Utopia of the Seas, com capacidade para 5.668 passageiros, a estrear em Julho.

Leia também  Royal Caribbean terá novo terminal de cruzeiros em Barcelona em 2027

Mesmo com a oferta cada vez menor de camarotes para 2024, as reservas não estão a diminuir. As reservas de Abril estão ao dobro da taxa do primeiro trimestre.

Uma pesquisa recente com a pergunta “Com que antecedência reservam os seus cruzeiros?” revelou que 48% reservam com 6 a 12 meses de antecedência, e 30% afirmando que reservam com 1 a 2 anos de antecedência.

Portanto, faz sentido que mais reservas comecem a chegar para 2025 do que para 2024, especialmente com poucas opções ainda disponíveis nas respetivas categorias. Ainda existem aqueles 16% que disseram que reservam os seus cruzeiros com menos de 6 meses de antecedência, o que irá preencher 2024 bastante rapidamente.

Share this

Novo Cruzeiro de Grupo: Ilhas Gregas a bordo do Celebrity Infinity!