Experiências Princess Cruises

5 Fatores que me fizeram Fã da Princess (depois de um raro itinerário Lisboa-Funchal)

Sky Princess no Funchal

Quando saí da estação de Santa Apolónia ele já lá estava, imponente, como todos os novos navios que chegam a Lisboa. O Sky Princess tinha atracado de madrugada na capital, mais um porto de escala, na sua primeira viagem transatlântica, que o levaria até Fort Lauderdale, na Florida, onde ficará para a temporada de Inverno.

Seria no Sky a minha estreia num cruzeiro Princess, e logo na sua mais recente jóia, um navio tecnologicamente avançado, com interiores sóbrios e elegantes, e com o serviço e gastronomia reconhecidos da companhia. Eram, portanto, altas as expectativas iniciais.

Sky Princess em Lisboa

A primeira grande diferença notada foi no check-in, já que não existe o habitual cartão, ou cruise card. Neste caso o que nos dão é um medalhão, ou Medallion como chamam em inglês. E este pequeno dispositivo permite-nos fazer quase tudo que o cruise card faz, e mais algumas coisas, como explicarei mais à frente neste artigo.

Apesar do itinerário entre a Europa e os Estados Unidos ser de quase 2 semanas, eu apenas fiz o curto trecho de 3 dias, entre Lisboa e o Funchal. Deu para dias nublados e cinzentos mais também sentimos o habitual calor da Madeira, que nos permitiu desfrutar do sol e dos decks superiores.

Igualmente marcante foi a saída do Porto de Lisboa, sempre inigualável a beleza noturna da capital, com toda a zona ribeirinha iluminada, e a passagem pela icónica Ponte 25 de Abril. É uma experiência única que não deixou ninguém indiferente entre os passageiros do Sky Princess, a maior parte deles norte-americanos.

O itinerário foi, de facto, curto. Saímos ao anoitecer de Lisboa para entrar no Atlântico e percorrê-lo durante o dia seguinte. Foi um dia de mar onde se pôde constatar que, apesar do navio estar completo, que não havia filas no buffet ou nos restantes espaços públicos. O terceiro dia foi dedicado à chegada ao Funchal, com o seu habitual clima solarengo a dar-nos as boas vindas.

Mas vamos aos fatores que achei mais impressionantes num cruzeiro Princess:

O Fator Pessoal

 

É um dos lemas da Princess, a atenção ao passageiro e o esforço que fazem para nos agradar, sempre com gestos e palavras simpáticas. Por onde andasse havia sempre a atenção de me perguntar se precisava de alguma coisa, ou simplesmente, para perguntar como foi o meu dia. Nota-se a felicidade e amabilidade de cada membro da tripulação da Princess.

Neste fator não posso deixar de falar do meu camareiro, originário de Goa, com antepassados comuns. Sempre me tratou pelo nome desde o primeiro momento. Encontramo-nos várias vezes nestes 3 dias de navegação e foi sempre super prestável com o seu habitual “Hi, Mr. Nuno, how are you today?“…  Mesmo no último dia, com o late check-out, já que, excecionalmente, saí do camarote por volta das 14 horas.

Para adicionar a esta experiência todas as noites o toque Princess, com a cama preparada e dois chocolatinhos para saborear antes de dormir. A cama, almofadas e tudo o que envolve o sono tem a ajuda do especialista Dr. Michael Breus, o que permitiu uma excelente experiência e boas noites de sono.

O Medallion, o pequeno dispositivo que substituiu o cruise card também permite altos níveis de personalização, mas falarei dele mais abaixo.

O Fator Gastronómico

 

Outro dos pontos fortes da Princess é a gastronomia. E por manifesta falta de tempo, não foi possível experimentar os famosos restaurantes da especialidade, como o exclusivo e elegante Crown Grill, especializado em grelhados, ou o moderno Sabatini’s Italian Trattoria, do chef Angelo Auriana, mestre nos sabores italianos. Para pizzas, experimente o famoso Alfredo’s Pizza, no deck 7, sempre com ingredientes frescos e preparados no forno.

Nos restaurantes principais o jantar é preparado por chefs com estrelas Michelin, e devo dizer que foi da melhor comida que já saboreei a bordo. Excelente apresentação, nunca esperamos em demasiada entre pratos e a qualidade foi sempre de nível superior. No que diz respeito às massas fiquei fã do sabor do Fettuccine da Princess, um das massas mais simples de preparar com manteiga e queijo parmesão.

O buffet principal, World Fresh Marketplace, um espaço amplo com oferta variada de gastronomia regional, europeia, asiática, saladas e uma área só dedicada à pastelaria, da qual fiquei verdadeiramente fã. Todas as sobremesas eram preparadas neste espaço e a maior parte delas servidas em prato (e não em copos ou pequenos recipientes).

Na Princess existem duas modalidades de jantar, o tradicional, com turno e mesa fixos com os habituais companheiros de mesa, todos as noites do cruzeiro, ou, em alternativa, o Anytime Dining, flexível, onde se pode jantar à hora mais conveniente e com quem quiser.

O Fator Tecnológico

 

O Sky Princess é uma referência neste capítulo, já que foi o primeiro navio construído de raiz com a implementação do Medallion, um dispositivo e uma aplicação que nos permite fazer muita coisa, como abrir o camarote, entrar e sair do navio, fazer reservas, verificar a agenda, aceder à internet, pedir uma bebida em qualquer lugar, conversar com os nossos parceiros de viagem ou saber onde andam os nossos filhos no navio.

O Ocean Medallion é um pequeno dispositivo do tamanho de uma moeda de 1€ que se coloca numa fita de pescoço ou até numa pulseira, usado como um relógio, ideal para aqueles que perdem sempre o cruise card ou para os mais pequenos. É impermeável pelo que pode usar nas piscinas sem problemas.

O Medallion permite-nos, por exemplo, abrir a porta do camarote por aproximação, ou seja, reconhece o camarote e abre a porta sem necessidade da nossa intervenção. Por outro lado, se viajar com crianças, a qualquer altura podemos saber onde andam os pequenos através da aplicação ou dos ecrãs interativos espalhados pelo navio. Tudo graças a um pequeno módulo de localização presente no Medallion.

É também através dele, e da aplicação no telemóvel, que podemos pedir uma bebida ou um cocktail e que nos será entregue no local onde estivermos. Testamos isso no Princess Live, um bar no deck 7, e o nosso Lemontini demorou apenas 2 minutos a chegar. Cómodo e simples. Veja as fotos.

Como usar a Ocean Now para pedir uma bebida em 2 minutos

 

Igualmente espalhados pelo navios estão grandes ecrãs que nos reconhecem, através do Medallion, e onde podemos consultar os eventos disponíveis, os eventos que temos reservado, para além de nos poder indicar o caminho mais rápido para o camarote, simplesmente jogar jogos, entre muitas outras funcionalidades.

Todos os pagamentos a bordo são feitos com o Medallion. Já não precisa de andar com o cruise card na carteira, bastando para tal aproximar o Medallion ao dispositivo de leitura e automaticamente é reconhecido e cobrado na sua conta. Lojas, bares, restaurantes, spa, tudo pode ser pago com o Medallion. Também o processo de check-in e check-out, bem como as entradas e saídas do navio são feitos por este dispositivo.

O uso do Medallion é grátis e funciona com a rede Wifi do navio e não precisa de adquirir pacote de Internet.

O Fator Espaço

 

É verdade, anda-se completamente à vontade pelos espaços públicos deste navio, mesmo estando completo e num dia de mar. Os corredores são amplos, os espaços são variados, o buffet acomoda bem e sem filas, e até o pool deck é vasto e com muitas opções de espreguiçadeiras. É certo que não tem escorregas aquáticos ou pistas de karts, sendo que na Princess o foco é outro, mais virado para o relaxamento e para o conforto.

O pequeno-almoço é uma excelente experiência. Para além da variedade existente e dos espaços, principalmente o The Pastry Shop (que eu adorei), anda-se à vontade, seja nas bancadas seja à procura de uma mesa, mas aqui a questão não é procurar uma mesa livre, mas sim conseguir obter uma com a melhor vista… e nem é difícil tal é a facilidade com que se passeia pelo buffet.

O pool deck, o deck superior onde se encontram as piscinas, além do Sanctuary, um espaço para passageiros que escolham esta experiência, tem apenas duas piscinas centrais, uma piscina com vista infinita na popa, um campo de basquetebol e vários bares de apoio. Tem também um ecrã gigante de alta-definição onde passam filmes, concertos e eventos desportivos durante o dia. À noite podem ser vistos os famosos “Movies Under the Stars” uma marca dos navios da Princess.

Pool Deck do Sky Princess

 

Em termos de números o Sky Princess é um navio com 330 metros e 141 mil toneladas de arqueação bruta. Consegue acomodar 3660 passageiros e 1346 tripulantes.

O Fator Escolha

 

É notável as regiões onde existe um navio da Princess, portanto o fator escolha é um dos principais pontos a favor desta companhia. Desde o Alasca, onde é das poucas companhias com permissão para visitar certas regiões, até ao sudeste Asiático, incluindo Austrália e Japão, passando pelas Caraíbas, Norte da Europa e Mediterrâneo, a Princess tem um leque alargado de itinerários que satisfaz (quase) todas as exigências dos seus passageiros.

Para terem uma ideia, este é o “mapa” dos navios Princess para 2020:

  • Canadá e Nova Inglaterra: Caribbean Princess
  • Alasca: Star Princess
  • América do Sul: Coral Princess
  • Austrália e Nova Zelândia: Ruby Princess e Majestic Princess
  • Japão: Diamond Princess
  • Ásia: Sapphire Princess e Diamond Princess
  • Báltico: Sky Princess
  • Ilhas Britânicas: Regal Princess
  • Fiordes da Noruega: Crown Princess
  • Mediterrâneo: Enchanted Princess
  • Caraíbas: Sky Princess e Caribbean Princess

A Mundomar Cruzeiros – Portugal

A Mundomar Cruzeiros é a representante da Princess em Portugal. Faz parte da Mundomar Cruceros, empresa espanhola que tem a representação em Espanha, e está em expansão para Portugal com a abertura de um escritório em Lisboa. A companhia está presente em todas as agências de viagens portuguesas com os seus programas exclusivos para cruzeiros em todo o mundo.

Com a Mundomar Cruzeiros tem a possibilidade de viajar sempre acompanhando por um guia assistente (em português ou espanhol), desde Portugal ou Espanha, com programas que incluem voos, hotéis de 4 estrelas pré ou pós-cruzeiro e transferes. Alguns dos programas da Mundomar também incluem excursões e visitas nas cidades onde o navio escala.

Cruzeiros Princess – Itinerários 2020

Piscina de popa do Sky Princess, no Funchal.

Mas quais são as novidades da Princess para 2020? A Mundomar está a promover um programa para o Japão, um dos destinos em destaque da Princess para 2020, a bordo do Diamond Princess, para 12 de maio de 2020.

Será uma viagem de 14 dias que inclui voos de ida e volta, 2 noites em Tóquio e outras 2 em Kioto, excursões nestas cidades incluídas (e ainda outra a Osaka), cruzeiro de 8 dias e todos os transferes. Esta viagem está com preço de catálogo de 3.446€ por pessoa e poderá ser consultada em qualquer agência de viagens portuguesa.

Em relação ao nosso Sky Princess, ele regressará à Europa em 2020, para fazer itinerários no Báltico. Entre abril e agosto o navio partirá de Copenhaga e visitará as cidades de Oslo, (Noruega), Warnemunde (Alemanha), Tallin (Estónia), São Petersburgo (Rússia), Estocolmo (Suécia), e Helsínquia (Finlândia), num itinerário de 12 dias sempre acompanhado por um guia da Mundomar. O preço de catálogo começa nos 1.693€ por pessoa.

Saiba mais aqui sobre o Sky Princess

Em 2020 a Princess tem outra grande novidade na manga: o Enchanted Princess, quinto navio da classe Royal, irmão do Sky Princess. E mais, vai estar no Mediterrâneo com 3 itinerários seguidos, Barcelona a Roma, Roma a Atenas e Atenas a Barcelona, o que dá grande flexibilidade aos passageiros que pretenderem fazer os três, com partida e regresso ao mesmo porto, ou então apenas parte do trajecto.

O Barcelona-Roma faz-se nos dias 25 de julho, 15 de agosto e 26 de setembro e escala em Gibraltar, Marselha, Génova e Livorno, antes de chegar a Civitavecchia (Roma).

O Roma a Atenas tem as datas de 11 de julho, 1 e 22 de agosto e 12 de setembro, com paragens em Salerno, Kotor, Córfu, Creta e Mykonos, para finalizar em Atenas.

Já a última parte do trajecto, Atenas a Barcelona, faz-se em 18 de julho, 8 e 29 de agosto e 19 de setembro. Este itinerário tem escalas em Santorini, Kotor, Messina e Nápoles, antes do desembarque, em Barcelona.

Estes itinerários começam com valores base que não chegam aos 1000€ por pessoa, e inclui guia em espanhol.

Saiba mais aqui sobre o Enchanted Princess

Preços de Referência

  • Cerveja Heineken e outras: $7 (inclui gratificação)
  • Café Expresso: $2
  • Garrafa de água (500ml): $2
  • Martini/Lemontini: $9, outros cocktails: $8 a $9
  • Vinho ao copo: $7, Vinho em garrafa: desde $24
  • 7 dias de Aulas de Fitness, Yoga, Cycling, Meditação, etc: $79 (ilimitado)
  • 3 dias Internet ilimitada (1 dispositivo): $30
  • Modelo do Navio: $40 (em vidro: $199)
  • Gratificações: Interior, Exterior ou Varanda ($14,50), MiniSuites ($15,50), Suites ($16,50)
  • Incluído na Tarifa: Água não engarrafada, sumos ao pequeno-almoço, limonada, gelados de máquina, cafés e chás

 

3 Comments

Click here to post a comment

Leave a Reply

  • Nuno, também sou “veterano em cruzeiros com mais de duas dezenas no corriculum “.Os dois últimos que fiz foi no AIDA PRIMA e no AIDA NUEVA.são navios de ultima tecnologia e o conceito de viagem de cruzeiro é diferente do tradicional. Foram duas experiências muito boas levei o meu neto divertimo-nos imenso, a oferta é imensa e grastromia fantástica, faz uma prospecção sobre esta companhia e sobre os navios e se tiveres oportunidade publica algo sobre isso.

    • Olá Victor, obrigado pelo seu testemunho.
      Nunca estive num AIDA mas sei que é tudo baseado na língua alemã, algo que não me atrai para essa companhia.
      De resto, sempre tenho tido excelente feedback, tal como o seu.

Nuno Ribeiro

Olá, o meu nome é Nuno Ribeiro e sou fundador do Blog dos Cruzeiros, um blog sobre o mundo dos grandes cruzeiros, onde pode encontrar notícias, opiniões, sugestões, guias, companhias, navios e muito mais.

Sempre que subo a bordo de um navio descrevo toda a experiência aqui para que possa ajudar quem pretende fazer um cruzeiro. Boas leituras!