Artigos

5 Extras que podem arruinar o Orçamento do seu Cruzeiro (saiba aqui como evitá-los)

Apesar das viagens de cruzeiro serem muito apreciadas por terem tudo incluído, por “tudo” entende-se o essencial para gozar umas férias num navio: dormida, comida e entretenimento.

Salvo certas experiências de luxo em alto mar, as companhias não lhe vão oferecer fotografias, bebidas alcoólicas, jantares em restaurantes de especialidade, acesso à Internet ou excursões em terra, entre outros extras.

E estes são apenas alguns dos itens que terá de pagar à parte. Despesas que podem encarecer a viagem, mas que felizmente também podem ser contornadas. Perceba como!

1. Excursões

O navio leva-o a uma série de locais maravilhosos, mas conhecê-los de perto implica o pagamento de excursões em terra. Esses passeios oferecem experiências interessantes e fornecem informações sobre a cultura local, mas são das atividades mais caras que pode ter na sua viagem. Claro que os preços variam de acordo com o tipo de visita, mas ainda assim, mal meta o pé fora do navio, paga uma taxa extra por pessoa!

Dicas para poupar

Faça alguma pesquisa antes de embarcar: em livros, sites, blogs, guias e até através de aplicativos de viagens online. Não é difícil planear o que deve visitar e como deve visitar por conta própria e por um preço bem mais barato do que aquele que lhe cobra o navio.

Repare que independentemente do sítio onde o navio atraca, há sempre transportes locais, como autocarros, comboios, táxis, tuk-tuks, bicicletas e, em ultima instância, porque não pegar num mapa e passear pela cidade a pé?

E mesmo que prefira uma excursão organizada, existem guias privados e empresas independentes confiáveis ​​e mais baratas que as próprias excursões da companhia de cruzeiro e que fazem descontos para grupos.

Veja o nosso artigo para mais informações: Excursões em Cruzeiros: Reservar pela Companhia ou Ir por Conta Própria?

2. Restaurantes

MSC Seaside, Restaurante Principal

Apesar do pequeno almoço, almoço e jantar estarem incluídos no valor que as companhias cobram pela viagem, existem também locais alternativos para fazer uma refeição que atraem quem procura uma experiência diferente.

A questão é que a experiência pode ficar bem cara! Estes restaurantes são um negócio dentro do negócio dos cruzeiros, com uma abundância de ofertas gastronómicas de fazer crescer água na boca… e diminuir o dinheiro na carteira.

Dicas para poupar

O conselho é evitar os restaurantes de especialidade, até porque a comida servida no navio e incluída no seu pacote, é abundante e de qualidade.

Tratando-se de uma noite especial em que não queira mesmo resistir à tentação de experimentar um restaurante diferente, deve verificar se o seu orçamento o permite antes de colocar o guardanapo no colo e também confirmar se o seu cruzeiro é dos que oferece um crédito a bordo ou refeições gratuitas em locais de especialidade como parte do pacote de incentivos para reservar.

Por norma tem sempre duas opções incluídas e sem custos adicionais: o buffet e a sala de jantar principal!

3. Bebidas

Platinum Casino Bar – MSC Seaview

À exceção de algumas companhias de cruzeiros de luxo, as bebidas alcoólicas (também certos refrigerantes, sumos, cafés e até água engarrafada) não estão incluídas no preço e são dos extra que mais podem encarecer a sua viagem, até porque incorrem em gorjetas automáticas.

Por isso, se conseguir, resista e recorra apenas ao serviço all inclusive do cruzeiro que inclui água, chá e refrescos durante as refeições. Confirme com a sua companhia o que está incluído no restaurante principal.

Dicas para poupar

Antes de mais, verifique se a sua companhia permite que leve álcool para bordo, pois alguns navios deixam os passageiros levar duas garrafas de vinho ou de espumante. Se duas garrafas de vinho lhe parecem pouco, pode averiguar se vale a pena comprar um pacote de bebidas alcoólicas antecipadamente. É outra forma de poupar dinheiro a bordo sem deixar de beber.

Leia também  Há uma nova agência em Lisboa onde só se fala de Cruzeiros (e tem passatempo onde vai sortear um cruzeiro)

Os pacotes de bebidas (incluem refrigerantes, bebidas alcoólicas, etc) dão direito a bebidas ilimitadas e, embora possam parecer caros, se consumir bastante, ficam bem mais em conta do que pagar à unidade. Em alternativa, pode pesquisar pelos dias com descontos especiais em bebidas no navio, happy hours e eventos com bebidas grátis.

4. Internet

Spectrum of the Seas

A internet não é gratuita em todos os navios, algumas companhias cobram o acesso por número de minutos ou megabytes que o passageiro despende na comunicação.

A aliar a isso, a velocidade de ligação à Internet a bordo não costuma ser das melhores porque o navio, geralmente, está em alto mar. Se não optar por uma companhia com pacotes que possibilitam a ligação ao wi-fi do navio, é natural que tenha uma surpresa desagradável…

Dicas para poupar

Se pensa utilizar a Internet regularmente, o melhor é comprar um pacote, mas não escolha a opção por minuto porque, geralmente, acaba por ficar mais cara, escolha um plano. Existem alguns pacotes que oferecem, inclusive, acesso ilimitado a plataformas específicas, como Twitter, Snapchat e Instagram.

A par, verifique se terá direito a alguns minutos de wifi gratuito por dia, pois há companhias que oferecem uma hora de acesso a todos os hóspedes ou aos passageiros que ficam em suites, por exemplo. E mesmo assim, não leve grandes expectativas porque o acesso à Internet, num navio, é irregular.

No caso de pensar usar a Internet mais esporadicamente, que tal fazê-lo num porto, num café com Internet? Seguramente que lhe vai cobrar bastante menos (ou nada) e oferecer uma ligação melhor.

Leia o nosso Guia Completo: Como usar o Telemóvel durante o seu Cruzeiro (para não se assustar com a conta)

5. Fotografias

Promenade Meraviglia

A “praga” das fotografias começa logo à entrada e, por constrangimento ou euforia, não lhe vai ser fácil resistir. Afinal são a lembrança ideal para levar para casa, não é verdade? E o panorama é idêntico nos outros dias de viagem: fotos em atividades, fotos em eventos, fotos em escalas… A equipa de fotógrafos do navio está sempre pronta para disparar! E os preços que depois lhe cobram por uma fotografia impressa, também disparam…

Dicas para poupar

Tem de ser forte! Quando o fotógrafo do navio lhe perguntar se deseja uma fotografia, tenha a coragem de dizer “não, obrigado”. Se não conseguir recusar, deixe-o tirar a foto, mas resista à tentação de ir buscá-la à loja (que costuma estar estrategicamente no corredor principal).

E como é que vai resistir à tentação? Levando a sua própria máquina ou usando a câmara do seu smartphone para tirar fotografias! E, já agora, leve também uma bateria extra e outro material que possa vir a necessitar, pois se o tiver de adquirir a bordo – escusado será dizer –  fica mais caro.

E agora, sim. Está preparado para alguma contenção de custos no seu cruzeiro.

Boas férias!

Booking.com
Tags

Nuno Ribeiro

Olá, o meu nome é Nuno Ribeiro e sou fundador do Blog dos Cruzeiros, um blog sobre o mundo dos grandes cruzeiros, onde pode encontrar notícias, opiniões, sugestões, guias, companhias, navios e muito mais.

Sempre que subo a bordo de um navio descrevo toda a experiência aqui para que possa ajudar quem pretende fazer um cruzeiro. Boas leituras!

Pub