fbpx
Notícias

2014 foi o melhor ano de sempre para o Porto de Leixões

Segundo os dados apresentados recentemente pela APDL, o ano de 2014 foi o melhor para o Porto de Leixões, com um total de 78 escalas de navios de cruzeiro, ultrapassando assim em 11 escalas o ano de 2013.

Durante o ano de 2014 houve também algumas estreias, com navios que visitaram o porto pela primeira vez, nomeadamente o AIDA Luna, Adonia, Louis Aura, Horizon, Costa Luminosa e ainda o Mein Schiff 1, assim como também a estreia de companhias, como o caso da AIDA Cruises e da TUI Cruises. Contudo, o ponto alto do porto, durante o ano de 2014, foi para a escala do navio Mein Schiff 3, durante a sua viagem inaugural.

Com as 78 escalas realizadas pelos vários navios, passaram pelo Terminal de Cruzeiros de Matosinhos e pela Estação de Passageiros de Leça da Palmeira um total de 64.440 passageiros, dando assim um crescimento de quase 40% sobre o ano anterior. A grande fatia destes passageiros são de origem britânica (44%), seguindo-se depois os alemães (16%) e os americanos (15%), não esquecendo ainda os franceses e italianos que correspondem a 8% do total, um aumento significativo.

Durante o ano de 2014, metade dos navios que visitaram o porto tinham acima de 200 metros de comprimento, sendo este um número histórico, já que o ano de 2013 contou com muito menos navios de grande dimensão, o que mostra que Leixões está, não só a crescer, como também a receber navios cada vez maiores.

Leia também  Cruzeiros superam números pré-pandemia com 31 milhões de passageiros em 2023

O Porto de Leixões entrou de forma decisiva na rota das mais conceituadas companhias de cruzeiros, desde a abertura do novo cais em Matosinhos, que recebeu em 2014 a escala de 41 navios, mais 4 que em 2012 e mais 49% de passageiros que no ano anterior.

Em suma, o novo cais em Matosinhos já recebeu 126 escalas e mais de 170 mil passageiros desde a sua abertura.

About the author

Blog dos Cruzeiros

O Blog dos Cruzeiros é um blog sobre o mundo dos grandes cruzeiros criado por Nuno Ribeiro em 2009 e onde partilha as suas viagens e experiências a bordo de navios de cruzeiro.

Share this