24 horas em Veneza… Guia da Cidade Antes de Embarcar no seu Cruzeiro

24 horas em Veneza… Guia da Cidade Antes de Embarcar no seu Cruzeiro

24 horas em Veneza… Guia da Cidade Antes de Embarcar no seu Cruzeiro

459
0

Cheiguei, Venezia!

É tudo o que deve dizer assim que pisar esta belíssima cidade italiana, considerada uma das mais bonitas do mundo. É um lugar mágico, misterioso, encantador que o vai obrigar a viajar no tempo sempre com uma pitada de romantismo. O seu navio parte amanhã de manhã, está ansioso pelo início da viagem… mas ainda tem pela frente 24 horas inteirinhas para conhecer Veneza? Nós vamos ajudá-lo a usá-las da melhor forma possível. Não lhe prometemos uma visita às 118 ilhas que constituem a cidade nem uma foto em cada um dos 177 canais e 400 pontes que ligam os dois lados mas prometemos um dia perfeito, onde vai conhecer o melhor de Veneza.

Preparado?

MANHÃ

Praça de São Marcos | Foto: Scott Ingram

Pela manhã dirija-se a pé até à PIAZZA SAN MARCO, a praça principal de Veneza. É lá que ficam os monumentos mais importantes e os cafés mais tradicionais, como o conhecido Caffè Florian, um dos mais afamados em Itália. Nesta grande praça, sempre cheia de turistas, poderá apreciar a beleza da arquitetura local na total ausência de tráfego de automóveis (que não existem em Veneza).

Atenção que se o seu cruzeiro estiver agendado para o Inverno poderá não conseguir apreciar a praça porque ela sofre constantes inundações, já que está localizada na parte mais baixa de Veneza e quando a água do Mar Adriático sobe, devido a tempestades ou chuva, é o primeiro lugar a ficar inundado. Mas se não for o caso, aproveite!

Conheça todas as companhias com cruzeiros desde Veneza

É na praça San Marco que fica a principal Basílica de Veneza, o Palácio dos Doges e também o Campanário da Basílica, a Torre do Relógio de São Marcos, a Ala Napoleónica, a Logetta, a Casa da Moeda, a Biblioteca Marciana

Palazzo Ducale

Na impossibilidade de conhecer tudo, dê particular atenção à BASÍLICA DI SAN MARCO (localizada num dos extremos da praça com o mesmo nome, ao lado do Palácio dos Doges ou Palazzo Ducale). É a igreja mais visitada em Veneza. Porquê? Porque reza a história que foi a primeira igreja de Veneza, construída num edifício temporário do Palazzo Ducale em 828. Mas, como era uma igreja temporária, anos mais tarde foi construída outra igreja no local atual. Porém, devido a uma rebelião em 976 a igreja foi incendiada, reconstruída em 978 e incendiada pela segunda vez em 1063. Mas ainda lá está, à espera da sua visita. Se tiver tempo entre porque o interior é digno de apreciação, já que as paredes estão cobertas com mosaicos em ouro, bronze e pedras numa mistura de estilos encantadora.

A seguir, claro está, paragem obrigatória frente ao PALAZZO DUCALE, um dos grandes monumentos da cidade de Veneza. O edifício data de 1309, tem um estilo gótico veneziano e atualmente alberga o Museo di Palazzo Ducale, pelo que é possível entrar no Palácio e conhecer a sua história de modo a perceber toda a riqueza e poder que existiu nos tempos da Repubblica Serenissima.

Quando sair do Palácio, volte à Piazza San Marco e visite as lojas de souvenirs (se pretende levar uma recordação) ou aproveite para comer um GELATO porque não há nada como um gelado italiano para alegrar (ainda mais) o seu dia.

Canais de Veneza

E a seguir, passeie pelas ruelas vizinhas e descubra os recantos de Veneza. Aproveite para descobrir um sítio onde almoçar. Se procura conhecer os pratos mais típicos da zona, procure por restaurantes que sirvam BACCALÀ MANTECATO (puré de bacalhau), Sarde in Saor (prato frio à base de sardinhas), Fegato alla Veneziana (fígado de vitela com cebola), Risi e Bisi (preparado de arroz e ervilha), Risoto nero (arroz de lula com tinta, cebola e alho), Polenta e schie (base de farinha que pode acompanhar com várias opções sendo o camarão uma das mais deliciosas), entre outros!

TARDE

Canais de Veneza

Depois do almoço, que tal um PASSEIO DE GÔNDOLA? Percorra os estreitos canais num passeio romântico que lhe dará a conhecer a história desta cidade mágica através do “gondoliere”, o condutor que faz também de guia turístico.

A gôndola é uma embarcação típica de Veneza, como sabe, foi desenhada com características que auxiliam na manobrabilidade e velocidade e foi utilizada como principal meio de transporte durante séculos na ilha mas hoje existem outras embarcações à sua disposição (e mais em conta) como o atual e principal meio de transporte, o Vaporetto, um barco que é uma espécie de autocarro aquático.

A seguir estique as pernas num passeio pelo MERCATO DI RIALTO, considerado um dos melhores do mundo e espreite a PONTE DE RIALTO que é simplesmente a ponte em arco sobre o Grande Canal mais antiga e famosa em Veneza. Até se construírem as outras travessias, esta era a única ligação entre os dois lados, sabia?

E se tiver tempo conheça a LIBRERIA ACQUA ALTA, bem próxima do Campo Santo Giovanni, porque é provavelmente uma das livrarias mais originais e bonitas do mundo. É lá que pode encontrar livros novos e usados em diversos idiomas e espalhados por todos os espaços disponíveis, inclusive expostos numa gôndola de tamanho real.

NOITE

Os navios de cruzeiro são uma constante em Veneza (MSC Preziosa)

E antes de anoitecer, aproveite para CAMINHAR SEM RUMO PELAS RUAS DE VENEZA. Perca-se em ruelas, cruze pontes, tire fotografias… e deixe-se ficar até a fome apertar e resolver parar para jantar. Sugerimos CANNAREGIO, um dos bairros com a maior concentração de bons restaurantes da cidade.

E a seguir ao jantar (se lhe sobrar energia) atreva-se em algum ou alguns dos diversos pequenos bares para ouvir música e tomar uma bebida. Não encontraria melhor maneira para passar o dia antes do embarque no seu cruzeiro, não é verdade? O risco é não se querer despedir de Veneza.

Como se deslocar em Veneza

Veneza

Pois é, aqui não precisa de ver se o carro tem combustível ou tem pneus de verão ou pneus de inverno… nem sequer alugar é necessário já que carros aqui nem vê-los. E é melhor assim, já que deslocar-se a pé em Veneza é o melhor que pode fazer. Todos os principais monumentos e pontos de interesse estão concentrados numa área relativamente pequena, pelo que andar é a melhor solução.

Conheça todas as companhias com cruzeiros desde Veneza

Desde o aeroporto até à Praça de São Marcos pode optar por um taxi-boat. Aqui encontra várias companhias que fazem esse trajecto.

Addio! Alla prossima!

(459)

Booking.com
Nuno Ribeiro Nuno Ribeiro é fundador e editor do Blog dos Cruzeiros, um blog sobre o mundo dos grandes cruzeiros, onde poderá encontrar notícias, opiniões, experiências, sugestões, guias, companhias, navios e muito mais.